Entre Viagens, Leituras e Leitores: A Itinerância da Biblioteca Anísio Teixeira

  • Zélia Malheiro Marques
Palavras-chave: Constituição leitora. Práticas culturais de leitura. Abordagem autobiográfica. Biblioteca Móvel Anísio Teixeira.

Resumo

Os encontros de leitura realizados na antiga escola rural multisseriada Janir Aguiar e na Casa Anísio Teixeira, em Caetité, com 25 colaboradores da pesquisa serviram para pensar as narrativas de leitura, tanto as pessoais, quanto as sociais e o processo de constituição leitora em contato com ambientes urbanos e rurais. Teoricamente a pesquisa ancorou-se em autores do campo da formação e da leitura, dialogando com estudos desenvolvidos por Nóvoa (1988), Pineau (1999), Poirier et al. (1999), Josso (2004), Souza (2006), Chartier (2001), Lacerda (2003), Paulino (2004), Cordeiro (2006), Abreu et al. (2007). A pesquisa, de natureza qualitativa, foi desenvolvida, a partir da abordagem (auto) biográfica, enquanto método de pesquisa e, para a coleta dos dados, foram utilizados os diários e as narrativas de leitura. A análise das fontes foi confrontada com as fichas de empréstimo de livros (BMAT) e com alguns trabalhos realizados com os colaboradores da pesquisa. O estudo, portanto, buscou dar visibilidade as práticas de leituras da Biblioteca Móvel Anísio Teixeira, confirmando sua singularidade, como a linguagem poética, as brincadeiras e as
narrativas da oralidade em que apontam as leituras culturais, não somente pela utilidade, mas também pelo entretenimento e lazer.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-12-01
Métricas
  • Visualizações do Artigo 762
  • PDF downloads: 405
Como Citar
Marques, Z. M. (2013). Entre Viagens, Leituras e Leitores: A Itinerância da Biblioteca Anísio Teixeira. Plurais Revista Multidisciplinar, 1(3). https://doi.org/10.29378/plurais.2447-9373.2010.v1.n3.%p