HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL EM MANAUS: do Instituto Montessoriano Álvaro Maia (1943) ao Instituto Filippo Smaldone (1984)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29378/plurais.2447-9373.2019.v4.n2.180-197

Palavras-chave:

Educação Especial, História da Educação, Política educacional

Resumo

O início do atendimento às pessoas com deficiência se deu por meio das instituições especializadas, considerando a atuação da iniciativa privada e o descaso do Poder Público com essa parcela da população. O presente estudo objetivou descrever e analisar a atuação das instituições especializadas no contexto da história da educação especial manauara, considerando o período de criação do Instituto Montessoriano Álvaro Maia (1943) ao Instituto Filippo Smaldone (1984). Verificou-se que as instituições especializadas criadas no âmbito manauara não apenas tiveram seu funcionamento vigente por meio do recebimento de auxílio financeiro do Poder Público, mas também por meio diversas ações realizadas que visavam arrecadar recursos para sua manutenção. Se em âmbito nacional, as normativas jurídicas trouxeram inúmeros desafios para a regulamentação da oferta dos serviços especializados, em Manaus podem-se observar essas demandas. Além disso, a história da Educação Especial no contexto manauara carece de dados mais aprofundados relacionados ao aspecto pedagógico da atuação dessas instituições especializadas, bem como as diferentes formas de encaminhamento das pessoas com deficiência a esses serviços especializados. Portanto, embora tenhamos como fator limitante o período de criação dessas instituições e a ausência de fontes históricas que possibilitem desvelar aspectos relevantes do cenário educacional local, há um profícuo espaço de atuação para os pesquisadores no campo da história da educação especial amazonense.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcia Duarte Galvani, Universidade Estadual Paulista

Doutora em Educação Escolar (UNESP, 2008). Especialista em Educação Especial (UNESP, 1999). Graduada em Educação Especial, com habilitação em Deficiência Mental (UFSM, 1999). Professora Associada do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de São Carlos. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre a Escolarização da Pessoa com Deficiência (GEPEPD-UFSCar). ORCID http://orcid.org/0000-0003-1092-746X. E-mail: marciaduar@yahoo.com.br

Samuel Vicente, Universidade Estadual Paulista

Doutorando em Educação Especial (UFSCar). Mestre em Educação Especial (UFSCar, 2017). Licenciado em Pedagogia (UFMA, 2014). Técnico em Assuntos Educacionais da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre a Escolarização da Pessoa com Deficiência (GEPEPD-UFSCar). ORCID: http://orcid.org/0000-0002-7205-9680. E-mail: samueljunior.ns@gmail.com

Downloads

Publicado

2020-06-28

Como Citar

GALVANI, M. D.; VICENTE, S. HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL EM MANAUS: do Instituto Montessoriano Álvaro Maia (1943) ao Instituto Filippo Smaldone (1984). Plurais - Revista Multidisciplinar, Salvador, v. 4, n. 2, p. 180–197, 2020. DOI: 10.29378/plurais.2447-9373.2019.v4.n2.180-197. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/plurais/article/view/7120. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Estudos/Ensaios