SISTEMATIZAÇÃO DE MODELOS DE ENSINO DO HANDEBOL NA FORMAÇÃO DE JOGADORES

Palavras-chave: Ensino, Esporte, Handebol

Resumo

O handebol é um esporte coletivo de invasão, com disputa simultânea da posse de bola tanto para proteger sua meta quanto para atacar a meta do adversário para marcar gols sem violar regras específicas. O processo de ensino-aprendizagem-treinamento para crianças e jovens tem sido estruturado por distintas propostas teóricas em diversos países. Neste cenário, esta revisão de literatura procurou descrever as distintas proposições, enfatizando sobre modelos de ensino adotados para a formação de jogadores. A sistematização processo de ensino-aprendizagem-treinamento aplicado ao handebol torna-se fundamental, pois indica os pilares que orientam as formas de jogar a modalidade: cooperação entre os membros de sua equipe e oposição aos adversários ao pensar as tarefas de aprendizagem. Nas propostas investigadas, o processo ensino-aprendizagem-treinamento é estruturado a partir de dimensões situacionais que tomam como referência o comportamento tático-técnico da modalidade, com a utilização de estímulos incidentais que potencialize a capacidade de jogo e a resolução de situações-problema. As tarefas de treino ocorrem a partir das formas básicas de jogo, nas quais são oportunizadas situações para a compreensão do jogo a partir das condutas táticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Angelo Mauricio de Amorim, Professor na Universidade do Estado da Bahia - Brasil

Doutor em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina

Alexandra da Paixão Damasceno de Amorim, Docente na Universidade Salvador e no Centro Universitário UniFTC - Brasil

Mestra em Dança. Licenciada em Educação Física. 

José Carlos Mendes, Professor na Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Brasil

Doutor em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina

Juarez Vieira do Nascimento, Professor no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina - Brasil

Doutor em Ciências do Esporte pela Universidade do Porto

Referências

ALARCÓN, F.; CÁRDENAS, D.; UREÑA, N. Influencia de los factores de organización de las tareas de aprendizaje sobre los tiempos de práctica del jugador de baloncesto. Apunts, Educación Física y Deportes, v.92, p.46-55, 2008.

ANDERETE SCHWAL, M. Que esportes praticam meninos e meninas candidatos a uma escola pré-universitária de Argentina, de acordo com sua origem educacional e gênero. Cenas Educacionais, v. 4, p. e10349, 9 jun. 2021.

ANTÓN, J. L. Balonmano: nuevas aportaciones para el perfeccionamiento y la investigación. Barcelona: Inde, 2000.

AMORIM, A. M. Desenvolvimento tático-técnico no handebol masculino: estratégias utilizadas nos acampamentos nacionais promovidos pela Confederação Brasileira de Handebol. Tese (doutorado) 191 f. Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Florianópolis, 2017.

AMORIM, A. M.; AMORIM, A. P. D.; MUSSI, R. F.; NASCIMENTO, J. V. do. Camping as a strategy for sportive development: the model proposed for the brazilian handball. Research, Society and Development, v.9, n.11, p.e7779119853, 2020.

BETTEGA, O. B. et al. Papéis do treinador esportivo de categorias de base nos jogos esportivos coletivos. IN: GALATTI, et al (orgs). Desenvolvimento de treinadores e atletas: pedagogia do esporte. Campinas: Editora da Unicamp, 2017. p. 45-57.

PAES, R. R. (orgs) Desenvolvimento de treinadores e atletas: pedagogia do esporte vol 1. p. 17-38. Campinas: Editora da UNICAMP, 2017.

CORONADO, J. F. O. Curso de solidariedade olímpica. São Paulo: s/e., 2002.

COQUE, I. Valoración subjetiva de la carga del entrenamiento técnico-táctico. Una aplicación práctica (I). Clínic, Revista Técnica de Baloncesto, v.81, 39-43, 2008.

COQUE, I. Valoración subjetiva de la carga del entrenamiento técnico-táctico. Una aplicación práctica (II). Clínic, Revista Técnica de Baloncesto, v.82, p.42-45, 2009.

CÔTÉ, J. et al. Quadro teórico para o desenvolvimento de valores pessoais no processo dinâmico de desenvolvimento pelo esporte. IN: GALATTI, L. R.; SCAGLIA, A. J.; MONTAGNER, P. C.; PAES, R. R. (orgs) Múltiplos cenários da prática esportiva: pedagogia do esporte vol 2. p. 15-40. Campinas: Editora da UNICAMP, 2017.

DALLEGRAVE, E. J.; MENDES, J. C.; NASCIMENTO, J. V. Estrutura organizativa do processo de treinamento técnico-tático nas categorias de formação no handebol feminino E-balonmano. com: Revista de Ciencias del Deporte, v. 14, n. 2, p. 65-70, 2018.

EHRET A.; SPÄTE, D; SCHUBERT, R; ROTH, K. Manual de handebol: treinamento de base para crianças e adolescentes. São Paulo: Phorte Editora, 2002.

ESTRIGA, L. MOREIRA, I. Proposta metodológica de ensino no handebol. IN: TAVARES, F (org). Jogo Desportivos Coletivos: Ensinar a Jogar. Porto: Ed FADEUP, 2013.

ESTRIGA, L.; MOREIRA, I. Ensino do Andebol na Escola: Ensinar e aprender. Universidade do Porto, Faculdade de Desporto. Porto: FADEUP, 2014.

GARGANTA, J. Analisar o jogo nos jogos desportivos coletivos: uma preocupação comum ao treinador e ao investigador. Horizonte, v.14, n.83, p.7-14, 1998 1998.

GARGANTA, J. O Treino da táctica e da estratégia nos jogos desportivos colectivos. horizontes e órbitas no treino dos jogos desportivos. Júlio Garganta, Garganta, J. & Silva, PC: O jogo de futebol: entre o caos e a regra. Horizonte, v. 91, p. 5-8, 2000.

GRECO, P. J.; BENDA, R. N. Iniciação esportiva universal: metodologia da iniciação esportiva na escola e no clube. v.2. Belo Horizonte: UFMG, 1998.

GRECO, P. J.; SILVA, S. A.; GRECO, F. L. O sistema de formação e treinamento esportivo no handebol brasileiro (SFTE-HB) IN: GRECO, P. J; ROMERO, J. J. F. Manual de Handebol: da iniciação ao alto nível. São Paulo: Phorte, 2012.

IBÁÑEZ, S. J. La planificación y el control del entrenamiento técnico-táctico en Baloncesto. In TERRADOS, N; CALLEJA, J. (Eds.), Fisiología, entrenamiento y medicina del Baloncesto. Barcelona: Paidotribo, 2008. p.231-250

IBÁÑEZ, S. J. La Intervención del entrenador de Baloncesto: Investigación e implicaciones prácticas. In A. Lorenzo, S. J. Ibáñez, & E. Ortega (Eds.), Aportaciones teóricas y prácticas para el baloncesto del futuro. Sevilla: Wanceulen Editorial Deportiva, 2009. p.11-30

IBÁÑEZ, S. J.; SÁNCHEZ, F.; BLÁZQUEZ, E. PYC BASKET 2.0. Software para la planificación y control del entrenamiento en baloncesto. In: ARGUDO, F. M.; IBÁÑEX, S. J.; RUIZ, E.; ALONSO, J. I. (Eds.), Softwares aplicados al entrenamiento e investigación en el deporte. Sevilla: Wanceulen Editorial Deportiva, 2010. p.23-38

KNIJNIK, J. D. Conceitos básicos para a elaboração de estratégias de ensino e aprendizagem na iniciação à prática do handebol. Revista Ludens – Ciências do Desporto, Lisboa, p. 75-81, 2004.

KNIJNIK, J. D. Handebol: Agón – o espírito do esporte. São Paulo: Odysseus, 2009.

KROGER, C.; ROTH, K. Escola da bola: um ABC para iniciantes. São Paulo: Phorte, 2002.

RODRIGUES, E. C. Apontamentos para orientação de monografia. Cenas Educacionais, v. 4, p. e11753, 2021.

REVERDITO, R. S.; SCAGLIA, A. J. A gestão do processo organizacional do jogo: uma proposta metodológica para o ensino dos jogos coletivos. Motriz, v. 13, n. 1, p. 51-63, 2007.

REVERDITO, R. S.; SCAGLIA, A. J. Pedagogia do esporte: jogos coletivos de invasão. São Paulo: Phorte, 2009.

SCAGLIA, A. et al. O ensino dos jogos esportivos coletivos: as competências essenciais e a lógica do jogo em meio ao processo organizacional sistêmico. Movimento, v. 19, n. 4, 2013.

SILVA, J. Modelação táctica do processo ofensivo em andebol: estudo de situações de igualdade numérica, 7 vs 7, com recurso à análise sequencial. 2008. Tese de Doutoramento (Monográfico) FADEUP - Faculdade de Desporto, Universidade do Porto, Porto.

SOUSA, D. J. et al. Análisis de las situaciones de juego 2vs2 en el campeonato europeo masculino de balonmano 2012: Aplicación de la técnica de coordenadas polares. Cuadernos de Psicología del Deporte, v. 15, n. 1, p. 181-194, 2015.

UEZU, R. Análise das propostas e iniciativas da Confederação Brasileira de Handebol para o aprimoramento profissional. 2014. Tese (Doutorado em Pedagogia do Movimento Humano) – Escola de Educação Física e Esporte, Universidade de São Paulo, 2014.
Publicado
2021-10-28
Métricas
  • Visualizações do Artigo 458
  • ♪Áudio♪ downloads: 4
Como Citar
Amorim, A. M. de, Amorim, A. da P. D. de, Mendes, J. C., & Nascimento, J. V. do. (2021). SISTEMATIZAÇÃO DE MODELOS DE ENSINO DO HANDEBOL NA FORMAÇÃO DE JOGADORES. Cenas Educacionais, 4, e13057. Recuperado de https://www.revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/article/view/13057
Seção
Dossiê Temático

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##