CAPOEIRA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: EXPERIÊNCIAS NAS MANIFESTAÇÕES POPULARES DE SALVADOR

Palavras-chave: Capoeira, Educação infantil, Corpo.

Resumo

Objetiva-se descrever as experiências de festejos culturais baianos no cotidiano pedagógico de uma escola de educação infantil, enfatizando aspectos da cultura baiana e suas manifestações populares. Trata-se de um relato de experiência. A dimensão polissêmica que a prática da capoeira possui corrobora para ser eixo central para atender determinantes impostos pela legislação CNE nº 11645/2008, sem perder de vista a especificidade de sua prática e as vivências culturais de Salvador por meio de projeto integrador em escola de educação infantil, tornado o corpo como eixo central do processo de ensino-aprendizagem. Conclui-se que experiências desta natureza contribuem para despertar a valorização, reconhecimento e o respeito pela cultura baiana, envolvendo as nossas manifestações populares e agregando valores culturais desde a educação infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandra da Paixão Damasceno de Amorim, Docente na Universidade Salvador (UNIFACS) e no Centro Universitário UniFTC.
Mestra em Dança. Licenciada em Educação Física. Integrante do Grupo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Educação, Cultura e Saúde.
Lenira Peral Rengel, Docente no Programa de Pós-graduação em Dança da Universidade Federal da Bahia
Doutora em Comunicação e Semiótica. Mestra em Artes. Graduação em Teatro. Pesquisadora integrante do Centro de Estudos em Dança e do Corponectivos em Danças

Referências

ATAÍDE, Y. D. B; MORAIS, E. S. A. (Re) Construção da Identidade Étnica Afro-Descendente a partir de uma proposta alternativa de educação pluricultural. Revista da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade, v.12, n.19, p.81-98, 2003.

BRASIL. Lei nº 10639, de 9 de janeiro de 2003. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira", e dá outras providências.

BRASIL. Lei nº 9394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, DF, nº 248, dez. 1996. P. 27.833-27.841.

________. Lei nº 11.645, de 10 de março de 2008. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”.

CASTRO JÚNIOR, L. V.; SANTOS JUNIOR, F. C.; FERRAZ, A. R. Q. As performances dos corpos dançando na rua: narrativas dramáticas no vídeo vai no cavalinho. Cenas Educacionais, v. 2, n. 2, p. 96-111, dez. 2019.

CASTRO JÚNIOR, L. V. et al. A lavagem do Bonfim: olhares e clicks cruzados entre as imagens de Weldon Americano e as fotografias da pesquisa Lazer e Corpo. Lumina, v.5, n.2, p.1-18, 2011.

GADÊLHA, M. A. Organizações Brown: Identidade Cultural e Liderança em um Complexo de Organizações Baianas. Dissertação (Mestrado em Administração). Escola de Administração, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2004.

JÚNIOR, F.; JÚNIOR, L. Corpos “curvados” que dançam o Ijexá: história, identidades e estética de um grupo Afoxé de São Salvador da Bahia. Sociologia on Line, Revista da Associação Portuguesa de Sociologia, n.5, p.123-34, 2012.

LOBATO, L. Pecado Capital. Revista Digital Diálogos Possíveis. http://www.fsba.edu.br/dialogospossiveis/artigos/10/03.pdf. Salvador: FSBA, 2007.

MIRANDA, E. O. et al. Símbolos do Povo de Santo na Festa de Iemanjá: uma análise interdisciplinar entre a Geografia Cultural, Fotografia e Memória. Africanias.com, n.5, p.1-16. 2014.

OLIVEIRA, N. N. Dança Afro – Sincretismo de Movimentos. Salvador: UFBA, 1992.

REGO JUNIOR, W. P.; TOLOCKA, R. E. Pressupostos para educação corporal na educação infantil no brasil. Cenas Educacionais, v. 2, n. 2, p. 112-133, dez. 2019.

SILVEIRA, P. R. C.; SILVEIRA, M. I. C. M.; PAZ, A. Identidade Negra em Construção; um estudo sobre o processo de identificação das jovens negras através da dança-afro. Anais do XI Congresso Luso Afro Brasileiro de Ciências Sociais, Universidade Federal da Bahia, 2011.

Publicado
2020-08-25
Métricas
  • Visualizações do Artigo 62
  • ♪ÁUDIO♪ downloads: 3
Como Citar
AMORIM, A. DA P. D. DE; RENGEL, L. P. CAPOEIRA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: EXPERIÊNCIAS NAS MANIFESTAÇÕES POPULARES DE SALVADOR. Cenas Educacionais, v. 3, p. e9399, 25 ago. 2020.
Seção
Relato de Experiência