SALA DE AULA INVERTIDA NO ENSINO SUPERIOR EM ENFERMAGEM: REVISÃO DE LITERATURA

Palavras-chave: Educação Superior, Educação em Enfermagem, Aprendizagem Baseada em Problemas, Ensino

Resumo

Este trabalho objetiva evidenciar o que tem sido publicado na literatura científica sobre os desafios enfrentados e estratégias utilizadas pelos docentes no uso da sala de aula invertida no ensino superior em enfermagem. Foi realizada uma revisão bibliográfica da literatura por meio do google acadêmico, com caráter qualitativo, permitindo buscar elementos para reflexão e contribuição com propostas para a melhoria da qualidade do ensino superior com a utilização da sala de aula invertida. Atualmente, os educadores no âmbito da enfermagem, estão sendo inseridos a essa nova metodologia de ensino, tal abordagem tem demonstrado resultados positivos, especialmente, com relação ao desempenho dos alunos. Os resultados evidenciaram que a utilização da sala de aula invertida tem sido considerada favorável, no entanto, faz-se necessário capacitar alunos e professores para lidar com esta nova metodologia. É importante salientar que essa metodologia exige mudança de comportamento entre alunos e professores, requer habilidades especiais, como trabalho em equipe, resolução de conflitos e colaboração, além de preparo antecipado, reflexão crítica e aceitação do novo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Lucas Pereira Guimarães, Faculdade Adventista da Bahia

Tecnólogo em Secretariado e Graduando em Enfermagem pela faculdade Adventista da Bahia (FADBA). Especializando em Administração e Auditoria em Serviços de Saúde pela Faculdade Dom Alberto.

Kauan Alcântara Teixeira de Menezes, Faculdade Adventista da Bahia

Graduando em enfermagem pela Faculdade Adventista da Bahia.

Sarah dos Santos Conceição, Doutoranda em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília.

Mestra em Saúde Coletiva.  Atualmente, é docente na Faculdade Unyleya, além de ser membro do NUPPIIM, também é membro do Laboratório de Pesquisas sobre Saúde Baseada em Evidências e Comunicação Científica na UNB e colaboradora do Núcleo em Epidemiologia (NES-UFRB), atuando nas áreas de periodontia e saúde coletiva.

Cinthia Soares Lisboa, Doutoranda em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Feira de Santana.

Mestre em Saúde Coletiva. Membro do Núcleo de Investigação em Saúde Materno-Infantil (NISAMI).

Núbia Samara Caribé de Aragão, Doutoranda em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Feira de Santana.

Mestre em Saúde Coletiva. Pesquisadora da Sala de Situação e Análise Epidemiológica e Estatística do Departamento de Saúde da Universidade Estadual de Feira de Santana (SSAEE/DSAU/UEFS). Professora e supervisora de estágio da Faculdade Adventista da Bahia.

Referências

AL-HAMMOURI, M. M.; RABABAH, J. A.; ROWLAND, M. L.; TETREAULT, A. S.; ALDALAYKEH, M. Does a novel teaching approach work? A Students’ perspective. Nurse Education Today, v. 85, n. March 2019, p. 104229, 2020. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/j.nedt.2019.104229>. Acesso em: 20. 01.2020.

BENNER, P. Educating Nurses: A Call for Radical Transformation—How Far Have We Come? Journal of Nursing Education, v. 51, n. 4, p. 183-184, 2012.

BERGMANN, J.; SAMS, A. Flip Your Classroom: Reach Every Student in Every Class Every Day. 1. ed. Colorado: ISTE and ASCD, 2012. 239p.

FINNEGAN, A. P.; LEMMA, L. DI; MOORHOUSE, I.; LAMBE, R. E.; SOUTTER, E. M.; TEMPLEMAN, J.; RIDGWAY, V.; HYNES, C.; SIMPSON, R.; MCGHEE, S. Educating nurses to deliver optimum care to military veterans and their families. Nurse Education in Practice, v. 42, n. November 2019, p. 102654, 2020. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/j.nepr.2019.102654>. Acesso em: 22. 12.2019.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GÓMEZ, A. I. P. Educação na Era Digital: a escola educativa. Porto Alegre. Penso, 2015.

KENSKI, V. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas: Papirus. 2007.

LISBOA, D. K. M.; FONSECA, I. R.; MARISCO, G. Produção de mapas conceituais para construção do conhecimento sobre as relações com os animais da fauna urbana e saúde. Cenas Educacionais. v. 3, n.e8843, p. 1-15, 2020.

LÓPEZ, M.; JIMÉNEZ, J. M.; MARTÍN-GIL, B.; FERNÁNDEZ-CASTRO, M.; CAO, M. J.; FRUTOS, M.; CASTRO, M. J. The impact of an educational intervention on nursing students’ critical thinking skills: A quasi-experimental study. Nurse Education Today, v. 85, p. 104305, 2020. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/j.nedt.2019.104305>. Acesso em: 08.01. 2020.

LOURENÇO, M. R.; TREVIZAN, M. A. Líderes da enfermagem brasileira--sua visão sobre a temática da liderança e sua percepção a respeito da relação liderança & enfermagem. Revista Latino-Americano de Enfermagem, v. 9, n. 3, p. 14–19, 2001.

MARIN, M. J. S. et al. Aspectos das fortalezas e fragilidades no uso das metodologias ativas de aprendizagem. Revista brasileira de educação medica, Rio de Janeiro, v. 34, n. 1, p. 13-20, mar. 2010. Disponível em <http://www.scielo.br/pdf/rbem/v34n1/a03v34n1.pdf>. Acesso em: 08.01. 2020.

MORAN, J. Mudando a educação com metodologias ativas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens, v. II, p. 15–33, 2015. Disponível em: <http://www2.eca.usp.br/moran/wp-content/uploads/2013/12/mudando_moran.pdf>. Acesso em: 28.12. 2019.

RABABA, M.; MASHA’A.L, D. Using branching path simulations in critical thinking of pain management among nursing students: Experimental study. Nurse Education Today, v. 86, p. 104323, 2020. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/j.nedt.2019.104323>. Acesso em: 22. 12.2019.

TALBERT, R. Guia para utilização da aprendizagem invertida no ensino superior. Porto Alegre: Penso, 2019. 246 p.

ZHU, L.; LIAN, Z.; ENGSTRÖM, M. Use of a flipped classroom in ophthalmology courses for nursing, dental and medical students: A quasi-experimental study using a mixed-methods approach. Nurse Education Today, v.5, p. 1-35, 2020. Disponível em: < https://doi.org/10.1016/j.nedt.2019.104262>. Acesso em: 26. 12.2019.

Publicado
2020-10-22
Métricas
  • Visualizações do Artigo 35
  • ♪ÁUDIO♪ downloads: 3
Como Citar
GUIMARÃES, G. L. P.; MENEZES, K. A. T. DE; CONCEIÇÃO, S. DOS S.; LISBOA, C. S.; ARAGÃO, N. S. C. DE. SALA DE AULA INVERTIDA NO ENSINO SUPERIOR EM ENFERMAGEM: REVISÃO DE LITERATURA. Cenas Educacionais, v. 3, p. e8438, 22 out. 2020.
Seção
Revisão de Literatura