ENTREVISTA NARRATIVA COM ESPECIALISTAS: APORTES METODOLÓGICOS E EXEMPLIFICAÇÃO

  • Wivian Weller Universidade de Brasília
  • Sinara Pollom Zardo Universidade de Brasília
Palavras-chave: Pesquisa qualitativa em Educação, Fenomenologia Social, Entrevistas narrativas, Entrevistas com especialistas, Políticas públicas em Educação

Resumo

Este artigo analisa o aporte metodológico da entrevista narrativa e da entrevista com especialistas, e sua contribuição para a pesquisa qualitativa em Educação. Apresenta, inicialmente, algumas reflexões em torno da Fenomenologia Social de Alfred Schütz e sua relação com a pesquisa qualitativa. Em seguida, são discutidos os procedimentos da entrevista narrativa desenvolvidos por Fritz Schütze, bem como aspectos metodológicos da entrevista com especialistas apontados por Michael Meuser e Ulrike Nagel. Na parte final do artigo, apresentam-se resultados de uma pesquisa realizada com base em entrevistas narrativas com gestores educacionais responsáveis pela implementação de políticas de inclusão nos sistemas de ensino.Os resultados deste estudo apontam que a utilização de entrevistas narrativas com especialistas em pesquisas qualitativas em Educação possui uma dimensão científica e política, na medida em que permite o aprofundamento teórico sobre a trajetória biográfica e profissional dos gestores e a relação desta com os pressupostos que orientam suas ações na efetivação de políticas educacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wivian Weller, Universidade de Brasília
Doutora em Sociologia pela Universidade Livre de Berlim. Professora Adjunta do Departamento de Teoria e Fundamentos da Universidade de Brasília UnB). Professora do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da UnB. Bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq. Pós-doutorado na Stanford University (EUA). Coordena o grupo de pesquisa Gerações e Juventude da Faculdade de Educação/UnB (GERAJU). Editora de Linhas Críticas – Revista da Faculdade de Educação da UnB.
Sinara Pollom Zardo, Universidade de Brasília
Doutora em Educação pela Universidade de Brasília (UnB). Professora Visitante do Departamento de Teoria e Fundamentos da Faculdade de Educação da UnB. Professora pesquisadora do grupo de pesquisa Gerações e Juventude da Faculdade de Educação/UnB (GERAJU). Endereço para correspondência: Faculdade de Educação – UnB

Referências

APPEL, Michael. La entrevista autobiográfica narrativa: fundamentos teóricos y la práxis del análisis mostrada a partir del estúdio de caso sobre el cambio cultural de los Otomíes en México. Forum Qualitative Sozialforschung/ Forum Qualitative Social Research [On-line Journal], v. 6, n. 2, 2005. Disponível em: <http://www.qualitativeresearch.net/fqs-texte/2-05/05-2-16-s.htm>. Acesso em: 30 maio 2013.

BOHNSACK, Ralf. A multidimensionalidade do habitus e a construção de tipos praxiológica. Educação Temática Digital, Campinas, v. 12, n. 2, p. 22-41, jan./jun. 2011.

______; WELLER, Wivian. O método documentário na análise de grupos de discussão. In: WELLER, Wivian; PFAFF, Nicole (Org.). Metodologias da pesquisa qualitativa em educação. 2. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011. p. 67-86.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Censo da Educação Básica 2009. Brasília, DF, 2009.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo demográfico 2000. São Paulo; Rio de Janeiro, 2000.

JOVCHELOVITCH, Sandra; BAUER, Martin. Entrevista narrativa. In: GASKEL, George; BAUER, Martin (Ed.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Um manual prático. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008. p. 90-113.

KÜSTER, Ernst-Uwe. Compreender o estranho: métodos reconstrutivos das ciências sociais no Serviço Social alemão. Revista virtual textos & contextos, Porto Alegre, n. 4, dez. 2005. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fass/article/viewFile/1011/791>. Acesso em: 10 mar. 2009.

MEUSER, Michael; NAGEL, Ulrike. ExpertInneninterviews – vielfach erprobt, wenig bedacht. In: GARZ, Detlef; KRAIMER, Klaus. Qualitative-empirische sozialforschung. Konzepte, methoden, analysen. Opladen: Westdeutscher Verlag, 1991. p. 441-471.

______. The expert interview and changes in knowledge production. In: BOGNER, Alexander; LITTIG, Beate; MENZ, Wolfgang (Ed.). Interviewing Experts, Palgrave: Macmillan, 2009. p. 17-42

NATANSON, Maurice. Introducción. In: SCHUTZ, Alfred. El problema de la realidad social. Buenos Aires: Amorrortu, 1974. p. 11-32.

NOHL, Arnd-Michael. Narrative interview and documentary interpretation. In: BOHNSACK, Ralf; PFAFF, Nicolle; WELLER, Wivian (Org.). Qualitative analysis and documentary method in international educational research. Opladen & Farmington Hills, MI: Barbara Budrich Publishers, 2010. p. 195-217.

OTTE, Janete. Trajetória de mulheres na gestão de instituições públicas profissionalizantes: um olhar sobre os Centros Federais de Educação Tecnológica. 2008. 159 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2008. Disponível em: <http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=13610>. Acesso em 28 maio 2013.

RIEMANN, Gerhard; SCHÜTZE, Fritz. “Trajectory” as a basic theoretical concept for analyzing suffering and disorderly social processes. In: MAINES, David. Social organization and social process: essays in honor of Anselm Strauss. New York: Aldine de Grumer, 1991.

SCHÜTZ, Alfred. El sentido común y la interpretación científica de la acción humana. In: El problema de la realidad social. Buenos Aires: Amorrortu, 1974.

______. Fenomenologia e relações sociais. Rio de Janeiro: Zahar, 1979.

SCHÜTZE, Fritz. Die technik des narrativen interviews in interaktionsfeldstudien – dargestellt an einem project zur erforschung von kommunalen machtstrukturen. Unpublished manuscript, University of Bielefeld, Department of Sociology, 1977.

______. Pressure and guilt: war experiences of a young german soldier and their biographical implication (part 1). International Sociology, v. 7, n. 2, p. 187-208, 1992a.

______. Pressure and guilt: war experiences of a young german soldier and their biographical implication (part 2). International Sociology, v. 7, n. 3, p. 347-367, 1992b.

______. Ethnographie und sozialwissenschaftliche methoden der Feldforschung. Eine mögliche methodische orientierung in der ausbildung und praxis der sozialen arbeit. In: GRODDECK, Norbert; SCHUMANN, Michael (Org.). Modernisierung sozialer arbeit durch methodenentwicklung und - reflexion. Freiburg: Lambertus, 1994. p. 189-298.

______. Pesquisa biográfica e entrevista narrativa. In: WELLER, Wivian; PFAFF, Nicole. Metodologias da pesquisa qualitativa em educação. 2. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011. p. 210-222.

STRAUSS, Anselm L.; CORBIN, Juliet. Pesquisa qualitativa: técnicas e procedimentos para o desenvolvimento de Teoria Fundamentada. Porto Alegre: Artmed, 2008.

WELLER, Wivian. A contribuição de Karl Mannheim para a pesquisa qualitativa: aspectos teóricos e metodológicos. Sociologias, Porto Alegre, n. 13, p. 260-300, jan./abr. 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/soc/n13/23564.pdf>. Acesso em: 30 maio 2013.

______. Grupos de discussão na pesquisa com adolescentes e jovens: aportes teórico-metodológicos e análise de uma experiência com o método. Educação e Pesquisa – Revista de Educação da USP, São Paulo, v. 32, n. 2, p. 241-260, maio/ago. 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ep/v32n2/a03v32n2.pdf >. Acesso em: 30 maio 2009.

______. Tradições hermenêuticas e interacionistas na pesquisa qualitativa: a análise das narrativas segundo Fritz Schütze. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPeD, 32., 2009, Caxambu, MG. Anais... Caxambu, MG: ANPeD, 2009. p. 1-16.

______. Minha voz é tudo que tenho: manifestações juvenis em Berlim e São Paulo. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011.

ZARDO, Sinara Pollom. Direito à educação: a inclusão escolar de alunos com deficiência no ensino médio e a organização dos sistemas de ensino. 2012. 378 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2012. Disponível em: <http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/12582/1/2012_SinaraPollomZardo.pdf>. Acesso em: 03 jun. 2013.

Publicado
2019-10-16
Métricas
  • Visualizações do Artigo 1448
  • PDF downloads: 929
Como Citar
WELLER, W.; ZARDO, S. P. ENTREVISTA NARRATIVA COM ESPECIALISTAS: APORTES METODOLÓGICOS E EXEMPLIFICAÇÃO. Revista da FAEEBA - Educação e Contemporaneidade, v. 22, n. 40, p. 131-143, 16 out. 2019.