Laerte Ramos de Carvalho: além do homem petrificado

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2023.v8.n23.e1118

Palavras-chave:

Intelectuais, Biografia, História da Educação

Resumo

O artigo trata de aspectos da trajetória de Laerte Ramos de Carvalho (1922-1972) na educação e na esfera pública. Destacam-se suas intervenções como professor, jornalista, gestor, pesquisador e autor, em abordagem histórica e com base em fatos e discursos obtidos em fontes documentais. Resulta desse investimento a construção de uma imagem mais delineada e complexa do biografado, cuja trajetória expressa, em atos e palavras, as tensões e contradições da condição de intelectual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Bontempi Junior, Universidade de São Paulo

Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade de São Paulo, Pós-doutorado em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Livre-Docente em História da Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (Feusp). Bolsista Produtividade em Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pesquisador colaborador do projeto temático da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) “Saberes e práticas em fronteiras: por uma história transnacional da educação (1808-...).

Referências

ARANTES, Paulo. Um departamento francês no ultramar: estudos sobre a formação da cultura filosófica uspiana. Rio de Janeiro: Paz & Terra, 1994.
BARROS, Roque Spencer Maciel de. (Org.). Diretrizes e bases da educação. São Paulo: Pioneira, 1960.
BONTEMPI Jr., Bruno. O Manifesto dos Educadores de 1959 revisitado: Evento, narrativas e discursos. Cadernos de Pesquisa, 51, Artigo e07278. https://doi.org/10.1590/198053147278, 2021.
BONTEMPI Jr., Bruno. O “grupo de Laerte e a escrita da história da educação (1962-1972). Revista Brasileira de História da Educação, Campinas-SP, v. 19 (49), p. 49-58, 2019.
BONTEMPI Jr., Bruno. Nacionalismo e regionalismo em dois inquéritos sobre o ensino superior brasileiro nos anos 1920. Educar em Revista, Curitiba, v. 33, n. 65, p. 35-50, jul./set. 2017. DOI: 10.1590/0104-4060.53219
BONTEMPI Jr., Bruno. Laerte Ramos de Carvalho e a configuração da História e Filosofia da Educação como disciplina acadêmica. Uberlândia: Edufu, 2015.
BONTEMPI Jr., Bruno. O ensino e a pesquisa em história da educação brasileira na cadeira de Filosofia e História da Educação (1933-1962). História da Educação, Pelotas, n. 21, p. 79-105, jan/abr 2007 Disponível em: http//fae.ufpel.edu.br/asphe
BONTEMPI Jr., Bruno. Em defesa de “legítimos interesses” o ensino secundário no discurso educacional de O Estado de S. Paulo (1946-1957). Revista Brasileira de História da Educação, São Paulo, n° 12, jul./dez. 2006.
BONTEMPI Jr., Bruno. Laerte Ramos de Carvalho. In: FÁVERO, Maria L. A.; BRITTO, Jader M. Dicionário de educadores no Brasil. Da colônia aos dias atuais. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2002, p. 674-680.
BOTO, Carlota. A intelectualidade paulista, o Manifesto dos Pioneiros e a Universidade de São Paulo em sua primeira “missão” (1932-1934). In: CURY, Cláudia Engler; VIEIRA, Carlos Eduardo; SIMÕES, Regina Helena Simões. (Org.). História da Educação: global, nacional e regional. Vitória, ES: Edufes, 2019, p. 39-74.
BRANDÃO, Zaia. A intelligentsia educacional: um percurso com Paschoal Lemme. Bragança Paulista: EDUSF, 1999.
BRZEZINSKI. Iria. Tramitação e desdobramentos da LDB/1996: embates entre projetos antagônicos de sociedade e de educação. Trab. Educ. Saúde, Rio de Janeiro, v. 8 n. 2, p. 185-206, jul./out. 2010.
CADERNOS DE HISTÓRIA & FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO. Faculdade de Educação. Universidade de São Paulo. vol. 1, n. 1, 1993.
CARDOSO, Irene. A Universidade da Comunhão Paulista. São Paulo: Editores Associados/Cortez, 1982.
CARVALHO, Laerte Ramos de. Discurso de Orador, 1942.
CARVALHO, Laerte Ramos de. As reformas pombalinas da instrução pública. São Paulo: Saraiva/Edusp, 1978.
CARVALHO, Laerte Ramos de. A formação filosófica de Farias Brito. São Paulo: Saraiva/Edusp, 1977.
CELESTE FILHO, Macioniro. Universidade de São Paulo concebida em 1968 por seus professores, alunos e funcionários. Rev. bras. hist. educ., Maringá-PR, v. 17, n. 1 (44), p. 200-233, Janeiro/Março 2017
CUNHA, Luiz Antônio Rodrigues da. A universidade reformanda. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1988.
FÉTIZON, Beatriz Alexandrina de Moura. Faculdade de Educação: antecedentes e origens: o lugar da Educação. Estudos Avançados, São Paulo, vol. 8, n. 22, p. 365-378, 1994.
HORNBY, Nick. Alta Fidelidade. São Paulo: Cia. das Letras, 2013.
MAIA, Ana Beatriz Feltran. Laerte Ramos de Carvalho editorialista: embates pela manutenção dos princípios norteadores da fundação da USP (1947-1964). In: VIEIRA, Carlos Eduardo.; BONTEMPI Jr., Bruno; OSINSKI, Dulce Regina Baggio (org.). História intelectual e educação: imprensa e esfera pública. Jundiaí: Paco, 2019, p. 11-24.
MASCARO, Carlos. Laerte Ramos de Carvalho, Júlio de Mesquita Filho, e O Estado de São Paulo na História da Educação no Brasil. O professor, São Paulo, p. 4, ago., 1975.
NAPOLITANO, Marcos. 1964: História do regime militar brasileiro. São Paulo: Contexto, 2018.
PILETTI, Nelson. Laerte Ramos de Carvalho: a formação e os estudos histórico-filosóficos. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, vol.14, n. 2, p. 235-258, 1988.
PILETTI, Nelson. Laerte Ramos de Carvalho: a concepção de educação. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, vol.16, n. 1/2, p. 38-61, 1990.
RIBEIRO, Maria Luísa Santos. A reconstrução do texto histórico em educação no contexto da sociedade brasileira: minha experiência nesse processo. In: MONARCHA, Carlos (Org.), História da educação brasileira: a formação do campo. Ijuí: Unijuí, 1999. p. 121-146.
ROMANELLI, Otaíza de Oliveira. História da educação no Brasil (1930-1977). 8a. ed., Petrópolis: Vozes, 1986.
TANURI, Leonor Maria. Historiografia da educação brasileira: contribuição para o seu estudo na década anterior à instalação dos cursos de pós-graduação. In: MONARCHA, Carlos (org.). História da educação brasileira: a formação do campo. Ijuí: Unijuí, 1999, p. 147-168.
VIDAL, Diana Gonçalves; BONTEMPI Jr., Bruno; SALVADORI, Maria Ângela Borges. Tempos Pretéritos e Escolhas de Futuro: a Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo e a formação docente. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 41, n. especial, p. 1419-1440, dez. 2016. 1419 http://dx.doi.org/10.1590/2175-623667087.
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Teses e dissertações defendidas na FEUSP (1967 a 1998). São Paulo: FEUSP, 2003.

Downloads

Publicado

2023-05-28

Como Citar

BONTEMPI JUNIOR, B. Laerte Ramos de Carvalho: além do homem petrificado. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, [S. l.], v. 8, n. 23, p. e1118, 2023. DOI: 10.31892/rbpab2525-426X.2023.v8.n23.e1118. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/16574. Acesso em: 2 mar. 2024.