Ambiente acadêmico em tempos pandêmicos

Trajetórias de estudantes

Palavras-chave: Estudantes; Ambiente acadêmico; Narrativas; Significados.

Resumo

O objetivo deste estudo consistiu em compreender como os estudantes egressos de escolas públicas vêm lidando com o ambiente acadêmico desde seu ingresso na universidade. Tendo a Psicologia Narrativa e a Psicologia Histórico-Cultural como orientações teóricas e o método qualitativo como abordagem, propôs-se contar com a participação de estudantes de graduação em Pedagogia da Universidade do Estado da Bahia. Foi utilizada a técnica da entrevista semiestruturada para a produção de relatos individuais. A análise identificou os compartilhamentos entre as narrativas individuais que ensejavam a composição de uma narrativa coletiva, focalizando seus temas, tempos e significados. Os resultados mostram os motivos implicados na escolha do curso, a desafiadora imersão dos estudantes na cultura acadêmica, com seus estranhamentos e sofrimentos psíquicos, suas transformações identitárias e seus otimistas projetos profissionais, bem como a turbulência produzida pela pandemia em suas vivências universitárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gilberto Lima dos Santos, Universidade do Estado da Bahia

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal da Bahia (1982), especialização em Psicologia Educacional pela PUC/MG (1997), mestrado (2007) e doutorado (2010) em Psicologia pela Universidade Federal da Bahia. Atualmente é Professor Titular da Universidade do Estado da Bahia. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Educacional e Psicologia Social, atuando principalmente nos seguintes temas: infância, adolescência, velhice, educação e cidadania.

Referências

ARAÚJO, Greicy Boness de; PARADISO, Ângela Carina; LASSANCE, Maria Célia Pacheco; SARRIERA, Jorge Castellá. Carreira e narrativa: contribuições para a intervenção. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 14, n. 2, p. 191-201, jul./dez, 2013. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-33902013000200005&lng=pt&nrm=iso

BRANDÃO, Thaís Oliveira; GERMANDO, Idilva Maria Pires. Experiência, memória e sofrimento em narrativas autobiográficas de mulheres. Psicologia & Sociedade, v. 21, n. 1, p. 5-15, 2009. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-71822009000100002

BROCKMEIER, Jens; HARRÉ, Rom. Narrativa: problemas e promessas de um paradigma alternativo. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 16, n. 3, p. 525-535, 2003. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-79722003000300011

BRUNER, Jerome. Atos de significação. Trad. Sandra Costa. Porto Alegre: Artmed, 2002.

FARIA, Ederson de; SOUZA, Vera Lúcia Trevisan de. Sobre o conceito de identidade: apropriações em estudos sobre formação de professores. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, v. 15, n. 1, p. 35-42, jan./jun. 2011. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-85572011000100004

GUARESCHI, Pedrinho A. Relações comunitárias, relações de dominação. In: CAMPOS, Regina H. de F. (Org.). Psicologia social comunitária: da solidariedade à autonomia (p. 81-). 20. ed. Petrópolis: Vozes, 2015.

GUNDIM, Vivian Andrade; ENCARNAÇÃO, Jhonatta Pereira da; SANTOS, Flávia Costa; SANTOS, Josenaide Engracia dos; VASCONCELLOS, Erika Antunes; SOUZA, Rozemere Cardoso de. Saúde mental de estudantes universitários durante a pandemia de COVID-19. Rev. Baiana Enferm., 35, e37293, 2021.

IMPERATORI, Thaís Kristosch. A trajetória da assistência estudantil na educação superior brasileira. Serv. Soc. Soc., n.129, p. 285-303, mai./ago. 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0101-6628.109

LIMA, Cláudia Pereira de. Da escola à universidade: trajetória de estudantes egressos de escolas públicas na universidade pública. In: IV Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade. Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, SE, 2010.

LIMA, Vanessa Suligo Araújo; KOCHHANN, Maria Elizabete Rambo. Tecendo a constituição identitária do professor de matemática narrado nos memoriais. ACTIO, v. 3, n. 1, p. 184-204, jan./abr. 2018. Disponível em: http://periodicos.utfpr..edu.br/actio

MACHADO, Laêda Bezerra. Representações sociais de escola pública: uma análise das trajetórias de estudantes universitários. Rev. Tempos Espaços Educ., v. 13, n. 32, e-13737, jan./dez. 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.20952/revtee.v.13i32.13737

MAIA, Berta Rodrigues; DIAS, Paulo César. Ansiedade, depressão e estresse em estudantes universitários: o impacto da COVID-19. Estud. Psicol., 37, e200067, 2020.

OLIVEIRA, Soraia Santos de. Afiliação universitária: trajetórias de estudantes cotistas e não cotistas em cursos de alto prestígio na Universidade Federal da Bahia. Dissertação de mestrado, Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/25234/1/PDF%20dissertação%20estruturada.pdf

PENA, Rodolfo F. Alves. Problemas no transporte público; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/problemas-no-transporte-publico.htm. Acesso em 02 de março de 2022.

PERRUSI, Artur. Sofrimento psíquico, individualismo e uso de psicotrópicos: saúde mental e individualidade contemporânea. Tempo Social, v. 27, n. 1, p. 139-159, jan./jun. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20702015000100139&lng=pt&nrm=iso

SILVA, Ariane Franco Lopes da; MICHELS, Lísia Regina Ferreira; MELO, Marisol Vieira. Representações sociais sobre a vida universitária e identidade discente. EDUCERE XII Congresso Nacional de Educação, PUCPR, 26 a 29/10/2015. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/16048_11593.pdf

SILVA, Hellen Cristina Xavier da; FERNANDES, Maria Cristina da Silveira Galan. Permanência universitária: para além da assistência econômica. In: XIII Congresso Nacional de Educação (EDUCERE). Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2017.

SILVA, Silcia Soares da.; RAMALHO, Betânia Leite. Trajetória de estudantes egressos da rede pública na Universidade Federal do Rio Grande do Norte: o que discutem as pesquisas? In: IV Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade. Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2010.

SOUZA, Luciana Karine de. Pesquisa com análise qualitativa de dados: conhecendo a análise

temática. Arquivos Brasileiros de Psicologia, v. 71, n. 2, p. 51-67, 2019. Disponível

em: https://dx.doi.org/10.36482/1809-5267.ARBP2019v71i2p.51-67

SOUZA, Laura Vilela e. Aconselhamento psicológico como construção social. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 38, n. 2, p. 262-274, abr./jun. 2018.

SOUZA, Mariana Jantsch. Fronteiras simbólicas: Espaço de hibridismo cultural, uma leitura de Dois Irmãos, de Milton Hatoum. Letrônica, v. 7, n. 1, p. 475-489, jan./jun., 2014.

TAVARES, Rosana Carneiro. O sentimento de pertencimento social como um direito universal. Cad. de Pesq. Interdisc. em Ci-s. Hum-s, v. 15, n. 106, p. 179-201, jan./jun. 2014. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5007/1984-8951.2014v15n106p179

VASCONCELOS, Helena Serafim de. Autoestima, autoimagem e constituição da identidade: um estudo com graduandos de Psicologia. Revista Psicologia, Diversidade e Saúde, v. 16, n. 3, p. 195-206, ago. 2017.

Publicado
2022-07-25
Métricas
  • Visualizações do Artigo 68
  • PDF (PORTUGUÊS) downloads: 66
Como Citar
Santos, G. L. dos. (2022). Ambiente acadêmico em tempos pandêmicos: Trajetórias de estudantes. Revista Multidisciplinar Do Núcleo De Pesquisa E Extensão (RevNUPE), 2(01), e202205. Recuperado de https://www.revistas.uneb.br/index.php/revnupe/article/view/14143
Seção
Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas - Fluxo Contínuo