Eternizando travessia: memórias de formação em álbum de viagem

Ana Chrystina Mignot

Resumo


O texto se volta para a viagem da educadora católica Laura Jacobina Lacombe, em 1925, quando partiu do Rio de Janeiro para estudar no Institut Jean-Jacques Rousseau, em Genebra, que à época era o principal centro de produção e difusão da Escola Nova.  Seus registros em pequenino caderno – um álbum de viagem – são vistos como uma narrativa autobiográfica, onde procurou fixar a importância desta primeira travessia em sua formação. No movimento de interpretar tais registros, procurou-se compreender na materialidade do escrito, as motivações, as redes de ideias e afetos bem como os desdobramentos da viagem em sua trajetória pessoal e profissional, marcada pelo afastamento da Associação Brasileira de Educação, após a publicação do Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova, e tentativa de catolicizar as ideias escolanovistas. 


Texto completo:

PDF

Referências


CARUSO, Andrea Soares. Traço de União como vitrine: educação feminina, ideário católico e práticas escolanovistas no periódico do Colégio Jacobina. Rio de Janeiro: Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Programa de Pós-graduação em Educação (Dissertação de mestrado), 2006.

CARVALHO, Marta Chagas de. “A bordo do navio, lendo notícias do Brasil: o relato de viagem de Adolphe Ferrière”. In: MIGNOT, Ana Chrystina; GONDRA, José (Orgs). Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez Editora, 2007. p. 277-293.

_________. “Pedagogia da Escola Nova, produção da natureza infantil e controle doutrinário da escola”. In: FREITAS, Marcos Cezar de; KUHLMAN, Moysés (Orgs). Os intelectuais na história da infância. São Paulo: Cortez Editora, 2002. p. 373-408.

CLAPARÈDE, Edouard. A escola sob medida e estudos complementares sobre Claparède e sua doutrina por Jean Piaget, Louis Meyla, Pierre Bovet. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1959.

HOUSSAYE, Jean. “Pedagogias: importação-exportação”. In: MIGNOT, Ana Chrystina; GONDRA, José (Orgs). Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007. 294-314.

LACOMBE, Laura Jacobina. “Claparède, mestre e amigo”. Rio de Janeiro: Arquivo da Associação Brasileira de Educação. (dat), 1973.

_________. Álbum de viagem. Rio de Janeiro, Acervo da OMEP, (manuscrito), 1925.

MIGNOT, Ana Chrystina. Baú de memórias, bastidores de histórias: o legado pioneiro de Armanda Alvaro Alberto. Bragança Paulista: EDUSF, 2002.

_________. “Claparède, mestre e amigo: memórias de travessias”. Revista Interinstitucional Artes de Educar (RIAE), (Rio de Janeiro: Online), v 2, 253p., 2016a. Disponível em: www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/riae/article/download/25510/18107 Acessado em: 15 de março de 2017.

________. “Claparède, mestre e amigo: memórias de travessias”. In. HERNÁNDES DIÁZ, José Maria (Coord). Influencias suizas em la educación española e iberoamenricana. Salamanca. Ediciones Universidad de Salamanca, 2016b. p. 355-364.

MOREU, Angel. “La influencia de la escuela de Ginebra em la primera fundamentación de la psicopedagogia española”. In: HERNÁNDES DIÁZ, José Maria (Coord). Influencias suizas em la educación española e iberoamenricana. Salamanca. Ediciones Universidad de Salamanca, 2016. p. 53-68.

PERES, Eliane Therezinha. “O diabo inventou a escola? A escola ativa na visão de Adolpho Ferrière”. In: Reunião Anual da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação (Anped), 25ª, 2002, Anais cdrom. Caxambu, Rio de Janeiro, 2002. s/p.

RANUM, Orest. Os refúgios da intimidade. In: CHARTIER, Roger (Org). História da vida privada: da Renascença ao Século das Luzes. São Paulo, Companhia das Letras. V. 3, 1991. p. 211-266.

RUCHAT, Martine. “A escola de psicologia de Genebra em Belo Horizonte: um estudo por meio da correspondência de Edouard Claparède e Helene Antipoff”. Revista Brasileira de História da Educação. n◦ 17, p. 181-205, maio-ago. 2008.

SOLER MATA, Joan. “La Escuela Activa de Adolphe Ferrière em la pedagogia española e iberoamericana” In: HERNÁNDES DIÁZ, José Maria (coord). Influencias suizas em la educación española e iberoamenricana. Salamanca. Ediciones Universidad de Salamanca, 2016. p. 69-82.

STANG, Bernanete de Lourdes Streisky. O saber e o credo: os intelectuais católicos e a doutrina da Escola Nova (1924-1940). 2008. 298f. Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2008.

TORO BLANCO, Pablo Andrés. “Misión al Finis Terrae: Adolphe Ferrière y su viaje a Chile 1930”. In: HERNÁNDES DIÁZ, José Maria (coord). Influencias suizas em la educación española e iberoamenricana. Salamanca. Ediciones Universidad de Salamanca, 2016. p. 429-440.

VINÃO FRAGO, Antonio. “Viajes que educan”. In. MIGNOT, Ana Chrystina; GONDRA, José (Orgs). Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007. p. 15-38.




DOI: http://dx.doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2017.v2.n5.p330-342

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: 

 

 

Portal SEER

Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica - RBPAB - Qualis B2 Educação

 A Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica é publicada sob a licença Creative Commons de  Atribuição-NãoComercial CC BY-NC