Écrire sa vie: relatos de uma trajetória de pesquisa

Jocelma Boto Silva

Resumo


Em Écrire sa vie: du pacte au patrimoine autobiographique, Philippe Lejeune (2015)  apresenta, de maneira didática, os principais resultados obtidos ao longo de mais de quarenta anos de estudos sobre os textos autobiográficos.  É nesse pequeno volume que conhecemos um pouco da trajetória acadêmica que o transformou, pouco a pouco, em referência quando tratamos das formas de escrita de si. No Brasil, o conhecimento das obras desse pesquisador cresce à medida que avançam os estudos sobre a autobiografia, por isso, consideramos a temática desta resenha fundamental, já que, nela, propomos uma breve apresentação do objetivo de cada capítulo, ao mesmo tempo em que ressaltamos sua relevância teórica. Desse modo, acreditamos poder auxiliar a leitura de pesquisadores em solo nacional. 


Palavras-chave


Autobiografia; Diário pessoal; Philippe Lejeune.

Texto completo:

PDF

Referências


COELHO-PACE, A. A. B. Lendo e escrevendo sobre o Pacto Autobiográfico de Philippe Lejeune.177 fls. (Dissertação de Mestrado). Programa de Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês. Universidade Estadual de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em:. Acesso em: 02 abr. 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2017.v2.n6.p742-744

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: 

 

 

Portal SEER

Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica - RBPAB - Qualis B2 Educação

 A Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica é publicada sob a licença Creative Commons de  Atribuição-NãoComercial CC BY-NC