O CINEASTA SERTANEJO JOSAFÁ DUARTE: NARRATIVAS DE VIDA E OBRA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO

Palavras-chave: Josafá Duarte, pós-modernidade, virada cultural, virada pictórica, virada linguística

Resumo

Este artigo apresenta narrativas de vida e trabalho do produtor, roteirista e cineasta Josafá Ferreira Duarte, morador do distrito de Salgado dos Mendes, município de Forquilha, zona norte do estado do Ceará. Analisa o seu contexto de produção traçando vínculos com a pós-modernidade a partir de rupturas de paradigmas que envolvem as viradas “cultural”, “pictórica” e “linguística”. Para este artigo foram realizadas duas entrevistas: a primeira, presencial, em agosto de 2013; a segunda, por telefone, em maio de 2016. Tomamos como referência quatro filmes realizados pelo cineasta e o blog no qual ele divulga seu trabalho. Partindo das entrevistas e dialogando com vários autores, refletimos acerca das narrativas de vida e obra de Josafá, colocando em perspectiva questões da contemporaneidade. Desprovido de recursos financeiros e instrumentais, sem formação técnica e teórica em cinema e distante dos grandes centros produtores de audiovisual, o trabalho de Josafá mostra a proliferação de signos e as mudanças nos regimes de visualidades que, proporcionadas pela cultura e pelas novas tecnologias, alcançaram o sertão de Salgado dos Mendes, possibilitando o desenvolvimento do cinema popular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Passos de Oliveira, Universidade Federal de Goiás

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual (PPGACV) – Universidade Federal de Goiás (UFG). Mestre em Comunicação e Cultura - Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Grupo de Pesquisa Cultura Visual e Educação (GPCVE) da Universidade Federal de Goiás. Bacharel em Comunicação Social/Jornalismo. Tecnólogo em Cinema.

Referências

Referências bibliográficas

ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. Dialética do esclarecimento: fragmentos filosóficos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1985.

AGUIRRE, Imanol. Cultura Visual, Política da Estética e Educação Emancipadora. In: MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene. (Orgs.) Educação da cultura visual: conceitos e contextos. Santa Maria: Editora UFSM, 2011. P. 69-111.

BAUDRILLARD, Jean. Para uma crítica da economia política dos signos. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

____________________. Simulacros e simulação. Lisboa (Portugal): Relógio d’Água, 1991.

BAUMAN, Zigmunt. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor: 2000.

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. In: LIMA, Luiz Costa (Org.). Teoria da Cultura de Massa. São Paulo: Paz e Terra, 1990. P. 209-240.

CRARY, Jonathan. The eclipse of the espectacle. In: WALLIS, Brian. Art after Modernism: retihnking representation. NY (EUA): New Museum Press, 1984. P. 283-294.

EFLAND, Arthur; FREEDMAN, Kerry; STHUR, Patricia. Teoría posmoderna: cambiar concepciones del arte, la cultura y la educación. In: ___________. La educación en el arte posmoderno. Barcelona (Espanha): Paidós, 2003. P. 39-92.

FEATHERSTONE, Michael. Capítulo 5. A estetização da vida cotidiana. In: Cultura de consumo e pós-modernismo. São Paulo: Studio Nobel, 1995. P. 97-117.

FOUCAULT, Michel. O que é o Iluminismo? In: ESCOBAR, Carlos Henrique (Org.). Michel Foucault (1926-1984): o Dossier - últimas entrevistas. Rio de Janeiro: Taurus, 1984. P. 103-112.

JAMESON, Fredric. Pós-modernismo: a lógica cultural do capitalismo tardio. São Paulo: Ática, 1996.

KROKER, Arthur; COOKER, David. The Post-Modern Scene: excremental culture & hyper aesthetics. Nova York (EUA): St. Martin Press, 1987.

LUNA, Sergio. La critica de la cultura después de la cultura. In: Estudios Visuales 7. Centro de Documentación y Estudios Avanzados de Arte Contemporáneo. Murcia (Espanha): Enero 2010. P. 100-113. Disponível em:

<http://www.estudiosvisuales.net/revista/pdf/num7/07_sergiomluna.pdf>. Acessado em 24/04/16.

MARTINS, Alice Fátima. Catadores de sucata da indústria cultural. Goiânia: Editora da UFG, 2013.

MARTINS, Raimundo. A cultura visual e a construção social da arte, da imagem e das práticas do ver. In: OLIVEIRA de OLIVEIRA, Marilda (Org.) Arte, Educação e Cultura. 2a edição revista e ampliada. Santa Maria: Editora UFSM, 2015. P. 17-38.

MIRZOEFF, Nicholas. The right to look: a counter history of visuality. NC (EUA): Duke University Press, 2011.

MITCHELL, William John Thomas. Não existem mídias visuais. In: DOMINGUES, Diana (Org.). Arte, ciência e tecnologia: passado, presente e desafios. São Paulo, UNESP, 2009. P. 167-177.

_____________________________. What do pictures want? The Lives and Loves of Images. Chicago (EUA): The University of Chicago Press, 2005.

OLIVEIRA, Paulo Passos de. Entrevista por telefone com Josafá Ferreira Duarte. Goiânia (GO), 02 de maio de 2016a (Não publicada).

_______________________. Entrevista presencial com Josafá Ferreira Duarte. Sobral (CE), 23 de agosto de 2013 (Não publicada).

_______________________. Josafá Duarte e o cinema autodidata. In: V Colóquio Internacional Educación y Visualidad. Montevidéu (Uruguai): Universidad de la República: 2016b. No prelo.

SHUSTERMAN, Richard. Postmodernist aestheticism: a new Moral Philosophy? In: Theory, Culture & Society, V. 5, nº 2, June 1988. P: 337-355. Disponível em

<https://www.academia.edu/5411618/_Postmodernist_Aestheticism_A_New_Moral_Philosophy_>. Acessado em 20/12/2016.

TURNER, Graeme. Cinema como prática social. São Paulo: Summus Editorial, 1997.

WILLIAMS, Raymond. The long revolution. New York (EUA): Penguin Books, 1965.

Referência eletrônica

Blog Forquilha Cinecordel. Disponível em <http://cinecordel.blogspot.com.br/p/blog-page.html>.

Referências filmográficas

A HISTÓRIA de um galo assado. Direção: DUARTE, Josafá Ferreira. Forquilha (CE): 2006. 30”, VHS, color.

CADÊ meu zóculos? (versão curta-metragem). Direção: DUARTE, Josafá Ferreira. Forquilha (CE): 2015. 20”01, Vídeo, color. Disponível em <http://cinecordel.blogspot.com.br/>.

O HOMEM que queria enganar a morte. Direção: DUARTE, Josafá Ferreira. Forquilha (CE): 2014. 46” 22. Vídeo, color. Disponível em < https://www.youtube.com/watch?v=YSIGSYUcngw>.

POR DEBAIXO dos panos. Direção: DUARTE, Josafá Ferreira. Forquilha (CE): 2010. 1´36´´48. Vídeo, color. Disponível em <http://cinecordel.blogspot.com.br/2014/07/por-debaixo-dos-panos-ze-das-cachorras.html>.

Publicado
2017-04-29
Métricas
  • Visualizações do Artigo 868
  • PDF downloads: 603
Como Citar
DE OLIVEIRA, P. P. O CINEASTA SERTANEJO JOSAFÁ DUARTE: NARRATIVAS DE VIDA E OBRA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, v. 2, n. 4, p. 88-100, 29 abr. 2017.