Corpo cultural - arquétipos performáticos a partir do transe em comunidade afro-baiana

  • Alessandro Malpasso Universidade de Aveiro
  • Cecília Conceição Moreira Soares UNEB
  • Maria de Fatima Hanaque Campos UFBA / UNEB
Palavras-chave: Corpo, Transe, Performance, Candomblé, Xirê.

Resumo

Objetivo deste artigo foi interpretar o corpo cultural a partir dos arquétipos performáticos durante o transe em comunidade afro-baiana. Enfatizam-se os valores da gestualidade do corpo segundo uma visão simbólica, durante a manifestação do transe religioso em uma cerimônia do Xirê no Candomblé em Salvador-Bahia-Brasil. Este artigo deriva de pesquisa realizada entre 2014-2017 e que vem evoluindo em estudos sobre a simbolização do corpo em manifestações/práxis holísticas. Foram consultadas fontes bibliográficas para conceituação de expressões próprias do Candomblé e que refletissem sobre o corpo e transe. Em seguida, foram selecionados processos de transformações perfomáticas nos corpos dos religiosos, através do que se denomina de processo criativo. Este começou a partir da captura das imagens e análise gestual apresentado nos resultados que consistem em uma tradução figurativa dos transes observados durante a pesquisa de campo, enfatizando assim os arquétipos performáticos, para que sirva como instrumento criador para a transposição e a difusão do conhecimento.    

Publicado
2019-12-26
Seção
DOSSIÊ TEMÁTICO