RELATO DE EXPERIÊNCIA NO ACOMPANHAMENTO DOS CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇA: REFLEXÕES SOBRE A PANDEMIA POR CAUSA DA CONTAMINAÇÃO PELA COVID-19

Palavras-chave: Violência, Saúde, Infância, Coronavírus

Resumo

Este trabalho tem por objetivo relatar como a questão da violência foi trabalhada pela equipe multiprofissional de saúde do serviço de Pediatria, durante o ano de 2009. A metodologia adotada foi a observação de todo o processo de acompanhamento e a análise dos registros realizados pela equipe de saúde referentes a oito casos identificados como suspeita ou confirmação de violência contra criança. É um estudo qualitativo de caráter descritivo na modalidade relato de experiência, a partir do atendimento às famílias no ambulatório e nas enfermarias, por meio do projeto de intervenção “Serviço Social na atenção à saúde da vítima de maus tratos e violência”, durante a residência em Serviço Social e Saúde. Os resultados obtidos apontam para a necessidade de aprofundar a discussão e a construção de práticas em equipe, considerando a complexidade em manejar as situações de violência na infância e o acompanhamento dessas famílias, com vistas a redução dos agravos à saúde das crianças. Além disso, construir fluxos institucionais para organização da intervenção sobre a violência na infância. Conclui-se que é pertinente retomarmos essa discussão devido ao aumento dos casos de violência contra criança durante o período de pandemia por causa do novo Coronavírus, o SARS-CoV-2.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Pereira de Souza de Morais, Assistente Social no Hospital Universitário Pedro Ernesto - Brasil

Residência em Serviço Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Referências

Minayo, MCS. Violência contra criança e adolescentes: questão social, questão de saúde. Rev. Bras. Saúde matern. Infant. Recife, PE; 1(2):91-102, maio-ago;

Brasil. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República. [Acesso em: 25 out. 2021.] Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/ Constituiçao.htm. Acesso em: 25 out. 2021.

Brasil. Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF: Presidência da República. [Acesso em: 25 out. 2021.] Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/ Constituiçao.htm.

Barbiani, R. Violação de direitos de crianças e adolescentes no Brasil: interfaces com a política de saúde. Rio de Janeiro, Saúde Debate, v. 40, n. 109, p. 200-211; ABR-JUN 2016

Barros, NV. Violência intrafamiliar contra criança e adolescente. Trajetória histórica: políticas sociais, práticas e proteção social. Tese de doutorado – Departamento de Psicologia. Puc Rio. Rio de Janeiro; 2005

Cabral, IE., Ciuffo LL., Santos MP., Nunes YR., Lomba ML. Diretrizes brasileiras e portuguesas de proteção à criança vulnerável à violência na pandemia de COVID-19. Brasil e Portugal. Escola Anna Nery Rev. Enferm; 25(spe):e2021004; 2021

Almeida, NLT. de. Retomando a temática da “sistematização da prática” em serviço social. São Paulo. MOTA, A.E. et al (orgs) In: Serviço social e saúde: formação e trabalho profissional: OPAS, OMS, Ministério da Saúde; 2006

Relatório mundial sobre violência e saúde. Genebra: OMS; 2002

Peduzzi, M. Equipe Multiprofissional de Saúde: conceito e tipologia. Departamento de Orientação Profissional da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil. Rev Saúde Pública, 2001.9. Relatório mundial sobre violência e saúde. Genebra: OMS; 2002

Deslandes, SF. A violência como realidade e desafio aos serviços de saúde. In: Frágeis deuses: profissionais da emergência entre os danos da violência e a recriação da vida [online]. Antropologia & saúde collection, pp. 11-25. ISBN: 978-85-7541-528-3 Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ; 2001

Publicado
2021-12-09
Métricas
  • Visualizações do Artigo 150
  • PDF (English) downloads: 12
Como Citar
Morais, B. P. de S. de. (2021). RELATO DE EXPERIÊNCIA NO ACOMPANHAMENTO DOS CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇA: REFLEXÕES SOBRE A PANDEMIA POR CAUSA DA CONTAMINAÇÃO PELA COVID-19 . Práticas E Cuidado: Revista De Saúde Coletiva, 2, e13151. Recuperado de https://www.revistas.uneb.br/index.php/saudecoletiva/article/view/13151
Seção
Dossiê Temático COVID-19: POLÍTICAS, PRÁTICAS E REPERCUSSÕES EM SAÚDE