PANDEMIA DO COVID-19: RELATO DE EXPERIÊNCIA DO TELEATENDIMENTO DO INSTITUTO COUTO MAIA (TELEICOM), SALVADOR, BAHIA, BRASIL

Palavras-chave: Covid19, Pandemia, Teleatendimento

Resumo

Relato de experiência de implementação de Teleatendimento do Instituto Couto Maia (TELEICOM) no atendimento de familiares e responsáveis dos pacientes internados com diagnóstico de covid-19 associados ou não a outras patologias em leitos de enfermarias e Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) do Instituto Couto Maia. No período de Março a Setembro de 2020 os familiares e/ou responsáveis de todos os pacientes internados e acompanhados pelos médicos residentes ou plantonistas recebiam ligações telefônicas, diariamente, de 2 a 3 médicos de diversas especialidades com informações das situações clínicas dos mesmos. O ICOM disponibilizava computadores com o prontuário eletrônico, telefones e a colaboração do(a)s assistentes sociais, a fim de garantir a manutenção dos atendimentos destes familiares/responsáveis. O TELEICOM, no período de 01/04/2020 a 30/09/2020, realizou 12.101 ligações telefônicas. O perfil dos pacientes internados foi, em sua maioria, homens. O predomínio, nos recebimentos das chamadas telefônicas, foi de mulheres. Da cidade de Salvador vinham cerca de 74,5 % dos pacientes e demais do interior da Bahia ou outros estados. Nesses meses de experiência de teleatendimento, o TELEICOM tem se mostrado um recurso eficiente para atendimento de familiares/responsáveis com demandas, possibilitando o atendimento remoto com qualidade, de acordo com as avaliações positivas recebidas através da equipe multiprofissional e da ouvidoria deste hospital.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudilson José de Carvalho Bastos, Professor no Centro Universitário UniFTC - Brasil

Doutor em Medicina e Saúde Humana pela Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública

Cassiana da Silva Souza, Assistente Social da Hospital Especializado Couto Maia - Brasil

Graduada em Serviço Social pela Universidade Católica do Salvador

Jesângeli de Sousa Dias, Professora na Universidade Federal da Bahia - Brasil

Mestra em Medicina e Saúde pela Universidade Federal da Bahia

Fernando Delmonte Moreira, Médico no Hospital Santa Izabel - Santa Casa de Misericórdia da Bahia - Brasil

Graduado em Medicina pela Faculdade Souza Marques

José Alberto Néri de Sousa Santos, Médico no Hospital de Custódia e Tratamento do Estado da Bahia

Graduado em Medicina pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Carlos Eduardo Teixeira Santos Cruz, Médico no Hospital Especializado Couto Maia - Brasil

Graduado em Medicina pela Universidade Federal da Bahia

Maria Alice Teixeira Luciano de Sena, Diretora Técnica no Instituto Couto Maia - Brasil

Graduada em Medicina pela Universidade Federal da Bahia

Referências

Lorezo, Maria de Fatima http://www.institutocoutomaia.com.br/ acesso em 26/11/2020

ANVISA. Ministério da Saúde. Nota Técnica GVIMS/GGTES/ANVISA Nº 07/2020- Orientações para prevenção e vigilância epidemiológica das infecções por SARS- CoV-2( COVID-19) dentro dos serviços de saúde 05/08/2020.

Dimer et al. Pandemia do COVID-19 e implementação de telefonoaudiologia para pacientes em domicílio: relato de experiência. CoDAS. 2020;32(3):e20200144 DOI: 10.1590/2317-1782/20192020144

Verdi, Natália Carolina. O direito a se ter notícias sobre pacientes de covid-19. https://www.portaldoenvelhecimento.com.br/o-direito-a-se-ter-noticias-sobre-pacientes-de-covid-19/ Acesso em 17/01/2021

Ventura, Miria. Lei de acesso à informação, privacidade e a pesquisa em saúde https://www.scielo.br/pdf/csp/v29n4/02.pdf acesso 26/11/2020 Brasil.

Lei 8.080 de 19 de setembro de 1990, http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8080.htm, e o Decreto 7508/11, de 28 de junho de 2011 que dispõe sobre a organização do SUS. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/decreto/D7508.htm. Acesso em 15/12/2020

OUVIDORIA SUS/ICOM. Responsável pelo Acompanhamento: MICHELE GOMES DOS SANTOS. Data: 12/08/2020 15:45:14

Publicado
2021-12-22
Métricas
  • Visualizações do Artigo 199
  • PDF downloads: 154
Como Citar
Bastos, C. J. de C., Souza, C. da S., Dias, J. de S., Moreira, F. D., Santos, J. A. N. de S., Cruz, C. E. T. S., & Sena, M. A. T. L. de. (2021). PANDEMIA DO COVID-19: RELATO DE EXPERIÊNCIA DO TELEATENDIMENTO DO INSTITUTO COUTO MAIA (TELEICOM), SALVADOR, BAHIA, BRASIL. Práticas E Cuidado: Revista De Saúde Coletiva, 2, e10972. Recuperado de https://www.revistas.uneb.br/index.php/saudecoletiva/article/view/10972
Seção
Dossiê Temático COVID-19: POLÍTICAS, PRÁTICAS E REPERCUSSÕES EM SAÚDE