NARRATIVAS AUTOBIOGRÁFICAS: ENTRE LEMBRANÇAS, EXPERIÊNCIAS E ARTEFATOS

Palavras-chave: narrativa, autobiografia, experiência, artefato

Resumo

O artigo compartilha reflexões acerca da minha pesquisa de doutorado, concluída no Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás [2015]. Utilizo como recorte fragmentos narrativos que evocam artefatos da época de infância: um acordeão e uma colcha de retalhos. Tais artefatos subsidiam lembranças circunscritas por experiências de um percurso autobiográfico e narrativo, que tenciona um viés na contemporaneidade, suscitando outras formas de compreender o processo de formação subjetiva que apurou o apreço pela arte e, consequentemente, minha formação e atuação no âmbito da docência em artes visuais. Esse percurso implica um olhar sobre diferentes temporalidades, articulado como possibilidade de narrar experiências próprias, provocar a abertura de trilhas teóricas e metodológicas relacionadas com as descobertas de uma escavação arqueológica de si.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Carlos Pinheiro Ferreira, Universidade de Brasília
Doutor em Arte e Cultura Visual (2015) pela UFG, com pesquisa intitulada: MO(VI)MENTOS AUTOBIOGRÁFICOS: historiando fragmentos narrativos de experiências de vida docente e discente em artes visuais. Mestre em Educação (2008) pela UFF, com enfoque no estudo do conceito de subjetividade e linguagem a partir da imagem fotográfica publicitária. Graduação com Licenciatura Plena em Educação Artística (1996) pela UERJ. Lecionou Artes Visuais e História da Arte no âmbito privado, municipal e estadual do Rio de Janeiro no período de 1995 a 2009. Professor na Universidade de Brasília desde 2009, lotado no Instituto de Artes/Departamento de Artes Visuais, no momento, desempenha a função de Coordenador do Curso de Licenciatura em Artes Visuais/Noturno. Tem experiência na área de Arte/Educação, principalmente, no processo de ensino e aprendizagem da Educação Básica e Educação de Jovens e Adultos. Interesse de pesquisa nos temas: Arte e Imagem Fotográfica, Arte/educação Contemporânea, História de vida, Narrativas, Currículo, Cotidiano, Formação, Atuação e Identidade docente. Membro da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas – Anpap (2011) e da Associação Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica – BIOgraph (2012).

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo? E outros ensaios. Tradução: Vinícius Nicastro Honesko. Chapecó, Santa Catarina: Argos, 2009.

BAKHTIN, Mikhail. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do Método Sociológico na Ciência da linguagem. Tradução: Michel Lahud & Yara Frateschi Vieira. São Paulo: Hucitec, 2004.

BENJAMIN, Walter. Rua de mão única. Traducão: Rubens Rodrigues Torres Filho e José Carlos Martins Barbosa – Obras Escolhidas II. São Paulo: Brasiliense, 1995.

BOSI, Ecléa. O tempo vivo da memória: ensaios de psicologia social. São Paulo: Ateliê Editorial, 2003.

CERTEAU, Michel de. A invencão do cotidiano: 1. Artes de fazer. Tradução: Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 1994.

CLANDININ D. Jean e CONNELLY, F. Michael. Pesquisa Narrativa: experiência e história em pesquisa qualitativa. Tradução: Grupo de Pesquisa Narrativa e Educação de Professores ILEEL/UFU. Uberlândia: EDUFU, 2011.

DELORY-MOMBERGER, Christine. Abordagens metodológicas na pesquisa biográfica. In: Revista Brasileira de Educação. v.7, n. 51, p. 523-536, setembro-dezembro, 2012.

< Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v17n51/02.pdf Acesso em: 10/09/2013 >

DELORY-MOMBERGER, Christine. Fundamentos epistemológicos da pesquisa biográfica em educação. In: Revista em Educação: Belo Horizonte, v.27, n. 01, p. 333-346, abril, 2011. < Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/edur/v27n1/v27n1a15.pdf Acesso em: 10/09/2013 >

DILTHEY, Wilhelm. A construção do mundo histórico nas ciências humanas. Tradução: Marco Casanova. São Paulo: Editora UNESP, 2010.

FREUD, Sigmund. Lembranças da infância e lembranças encobridoras – capítulo IV [1901] In: ___________. Sobre a Psicopatologia da Vida Cotidiana. Rio de Janeiro: Imago, 1996a [1900], p. 59-66. (Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, v. VI).

FREUD, Sigmund. Lembranças encobridoras [1899] In: ___________. Primeiras Publicações Psicanalíticas. Rio de Janeiro: Imago, 1996b [1893-1899], p. 285-304. (Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, v. III).

FREUD, Sigmund. Construções em análise I e II [1937] In: ___________. Moisés e o Monoteísmo, Esboço de psicanálise e outros trabalhos. Rio de Janeiro: Imago, 1996c [1937-1939], p. 273-287. (Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, v. XXIII).

GIROUX, Henry A. Os professores como intelectuais: rumos a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Tradução: Daniel Bueno, Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

GINZBURG, Jaime. A interpretação do rastro em Walter Benjamin. In: SEDLMAYER, Sabrina e GINZBURG, Jaime (Org.). WALTER BENJAMIN: rastro, aura e história. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012, p. 107-132.

JOVCHELOVITCH, Sandra e BAUER, Martin W. Entrevista narrativa. In: BAUER, Martin W. e GASKELL, George (Orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Tradução: Pedrinho A. Guareschi. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2011, p. 90-113.

KINCHELOE, Joe. Introdução – O poder da bricolagem: ampliando os métodos de pesquisa. In: KINCHELOE, Joe L. & BERRY, Kathleen S. Pesquisa em educação: conceituando a bricolagem. Tradução: Roberto Cataldo Costa. Porto Alegre: Artmed, 2007, p. 15-37.

MARTINS, Raimundo e TOURINHO, Irene. Pesquisa Narrativa: concepções, práticas e indagações. In: Anais do II congresso de educação, arte e cultura. p. 1-12, – CEAC, Santa Maria, 2009.

NÓVOA, Antônio. Os professores e as histórias da sua vida In: NÓVOA, Antônio (Org.) Vidas de Professores. Portugal: Porto Editora, 2007, p. 11-30.

RICOEUR, Paul. Tempo e narrativa 3. O tempo narrado. Tradução: Claudia Berliner. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2010.

SOUZA, Elizeu Clementino de. O conhecimento de si: estágio e narrativas de formação de professores. Rio de Janeiro: DP&A; Salvador, BA: UNEB, 2006.

Publicado
2017-04-29
Métricas
  • Visualizações do Artigo 2138
  • PDF downloads: 1381
Como Citar
FERREIRA, L. C. P. NARRATIVAS AUTOBIOGRÁFICAS: ENTRE LEMBRANÇAS, EXPERIÊNCIAS E ARTEFATOS. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, v. 2, n. 4, p. 75-87, 29 abr. 2017.