[1]
I. J. C. de Paulo, S. Perez, e C. E. S. Tabosa, “Evolução do ensino competencial: uma comparação entre os documentos europeu e brasileiro”, Plurais, vol. 6, nº 2, p. 81-102, jul. 2021.