POPULAÇÃO DE JACARÉS DO PAPO-AMARELO DO PARQUE MUNICIPAL DE MACEIÓ, ALAGOAS, BRASIL

  • Ubiratan Gonçalves
  • Juliana Mônica dos Santos
  • Karlla Moraes Souza Lima Collaço
Palavras-chave: População, Jacaré do Papo Amarelo.

Resumo

No Brasil, há carência de informações sobre a distribuição atual e o tamanho populacional de Caiman latirostris, tornando-se prioridade os estudos sobre sua ecologia populacional. Investigamos a população de Caiman latirostris do parque municipal de Maceió, a fim de saber sua origem, sua abundãncia, densidade populacional comparamos diferenças nos padrões morfométricos de machos e fêmeas. Para tanto, foram realizadas 53 excursões nos períodos diurnos e noturnos de julho a Dezembro de 2009. Os animais foram capturados através de imobilização por uso de cambões. Tiveram a boca contida com o uso de SILVER TAPE, e os olhos vendados com pano. Como resultados, foram obtidos 101 espécimes, sendo que 76 foram capturados na lagoa chamada de 'refúgio dos jacarés', que tem uma área estimada 1.925m2. Houve uma superioridade de machos (26) em relação às fêmeas (6). Jovens foram a maioria (44). Há intensa disputa entre machos jovens devido à escassez de comida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-06-07
Métricas
  • Visualizações do Artigo 322
  • PDF downloads: 390
Como Citar
Gonçalves, U., Mônica dos Santos, J., & Moraes Souza Lima Collaço, K. (2019). POPULAÇÃO DE JACARÉS DO PAPO-AMARELO DO PARQUE MUNICIPAL DE MACEIÓ, ALAGOAS, BRASIL. Revista Ouricuri, 2(2), 139-151. Recuperado de https://www.revistas.uneb.br/index.php/ouricuri/article/view/6442
Seção
Artigos de Revista