Comunidades Tradicionais brasileiras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.59360/ouricuri.vol13.i2.a17969

Palavras-chave:

Comunidades, Tradicionais, Brasileiras

Resumo

O Continente Americano – “Novo Mundo” é área antiga de habitação de nativos, denominados de forma errônea de índios quando os europeus invadiram a América a partir do século XV. Especificamente, a porção territorial na América colonizada pelos portugueses desde o século XVI, foi e é local de habitação de indígenas, possuíam e possuem conhecimentos técnico-científicos milenares sobre o Ambiente em que habitavam e habitam.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edivania Granja da Silva Oliveira, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - Campus Petrolina: Petrolina, PE, BR

Doutora em História Social pela USP. Mestra em História pelo UFCG (Campina Grande/PB). Com Especialização em História pela Universidade de Pernambuco e Atualização Pedagógica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Licenciada em Historia pela Universidade de Pernambuco. Atualmente é professora de História no IF Sertão PE/Campus Petrolina. Realiza pesquisas sobre comunidades quilombolas e povos indígenas nas área de História, História Ambiental e Educação.

Referências

OLIVEIRA, Edivania Granja da Silva. Comunidades Tradicionais brasileiras. 2022

Arquivos adicionais

Publicado

2023-07-17

Como Citar

OLIVEIRA, E. G. da S. Comunidades Tradicionais brasileiras. Revista Ouricuri, [S. l.], v. 13, n. 2, p. 1–2, 2023. DOI: 10.59360/ouricuri.vol13.i2.a17969. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/ouricuri/article/view/17969. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Editorial

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.