SOBREVIVÊNCIA INICIAL DE SEIS ESPÉCIES USADAS NA RECUPERAÇÃO DE UMA ÁREA DEGRADADA NA CAATINGA

  • Micheline Maria de Lima Universidade do Estado da Bahia
  • Lucília de Araújo Santos
  • Flávia de Barros Prado Moura
  • Eliane Maria de Souza Nogueira
Palavras-chave: Restauração. Reflorestamento. Semiárido. Mudas florestais.

Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar a sobrevivência de seis espécies da Caatinga utilizadas na recuperação de uma área degradada no Nordeste do Brasil. O plantio foi realizado no Alto do Aratikum, na cidade de Paulo Afonso, Bahia, área indígena Truká-Tupã. O clima é semiárido, com precipitação pluviométrica entre 700 a 850 mm anuais. Em março de 2014 foi realizado o plantio de 432 mudas de seis espécies arbóreas nativas da caatinga: Anadenthera colubrina (Vell.) Brenan (angico-de-caroço), Caesalpinia ferrea Mart. (pau-ferro), Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz (catingueira), Hymenaea courbaril L. (jatobá), Schinopsis brasiliensis Engl.(braúna), Myracrodruon urundeuva (Allemão)  Engl.  (aroeira-do-sertão).   Após um ano, a porcentagem de sobrevivência foi de 46,5% para o total de mudas plantadas. A maior taxa de sobrevivência foi verificada em M. urundeuva (82,5%)a. Já as espécies H. courbaril e A. macrocarpa apresentaram menor sobrevivência (20,5% e 36,9%, respectivamente). Semelhantes taxas de sobrevivência foram verificadas em S. brasiliensis, P. pyramidalis e C. ferrea, (55,5%; 51,2% e 48,8%). M. urundeuva foi a que apresentou a melhor taxa de sobrevivência, demonstrando maior resistência as condições locais. A baixa sobrevivência da maioria das espécies reforça a necessidade de se buscar estratégias mais eficientes para aumentar a resistência de mudas em projetos de recuperação na caatinga.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Micheline Maria de Lima, Universidade do Estado da Bahia

Rede Nordeste de Biotecnologia, Renorbio - Rua Dom Manoel de Mederios, s/n, Dois Irmãos. CEP: 52171900 - Recife/PE

 

Lucília de Araújo Santos
Programa de Pós-graduação Agricultura e Ambiente, Universidade Federal de Alagoas, Campus de Arapiraca. Rua Aderval Inácio da Silva, nº 81, Bairro Brasília, Arapiraca – AL. CEP: 57313-705;
Flávia de Barros Prado Moura
Programa de Pós-graduação em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental Departamento de Educação, Campus VIII, da Universidade do Estado da Bahia, Rua do Gangorra, 503, Bairro Alves de Souza, Paulo Afonso, Bahia, CEP 48.608-240
Eliane Maria de Souza Nogueira
Programa de Pós-graduação em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental Departamento de Educação, Campus VIII, da Universidade do Estado da Bahia, Rua do Gangorra, 503, Bairro Alves de Souza, Paulo Afonso, Bahia, CEP 48.608-240

Referências

BARBOSA, H. A. Sistema EUMETCast: Uma abordagem aplicada dos Meteosat Segunda Geração. 1ed. Maceió: EDUFAL, v.2, 186p. 2013.

FIGUEIREDO, J. M. et al. Revegetation of degraded Caatinga sites. Journal of Tropical Forest Science, Malasia, v. 24, n. 3, p. 332-343, 2012.

LIMA, K. D. R. Avaliação de espécies arbóreas e técnicas de plantio para recuperação de áreas degradadas por exploração de piçarra na caatinga. 2012. 82f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal Rural do Semiárido. Mossoró, RN, 2012.

LIMA K. D. R., CHAER, M. G., ROWS, J. R .C, MENDONÇA,V., RESENDE, A.S. Seleção de espécies arbóreas para revegetação de áreas degradadas por mineração de piçarra na caatinga. Revista Caatinga, Mossoró, v.28, n. 1, p. 203 – 213, 2015.

SALES F.C.V. Revegetação de área degradada da Caatinga por meio da semeadura ou transplantio de mudas de espécies arbóreas em substrato enriquecido com matéria orgânica. 2008. 64 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) – Universidade Federal de Campina Grande. Patos, PB, 2008.

SAMPAIO, E. V. S. B. Características e potencialidades. In: GARIGLIO, M. A.; SAMPAIO, E. V. S. B.; CESTARO, L. A. e KAGEYAMA, P. Uso sustentável e conservação dos recursos florestais da caatinga. Ministério do Meio Ambiente, Brasília. p.29-48. 2010.

Publicado
2015-08-31
Métricas
  • Visualizações do Artigo 1753
  • PDF downloads: 819
Como Citar
Lima, M. M. de, Santos, L. de A., Moura, F. de B. P., & Nogueira, E. M. de S. (2015). SOBREVIVÊNCIA INICIAL DE SEIS ESPÉCIES USADAS NA RECUPERAÇÃO DE UMA ÁREA DEGRADADA NA CAATINGA. Revista Ouricuri, 5(2), 132-137. Recuperado de https://www.revistas.uneb.br/index.php/ouricuri/article/view/1489
Seção
Artigos de Revista