Memória, fé e movimentos sociais em Canudos

  • Floriza Maria Sena Fernandes
Palavras-chave: Movimentos Sociais, Comunidade Eclesial de Base, Catolicismo Popular

Resumo

O presente artigo faz uma breve análise do catolicismo popular vivenciado em Canudos, antes e após a experiência de Belo Monte, protagonizada por Antonio Conselheiro no século XIX, como também verifica a sobrevivência desse catolicismo mesmo depois das duas investidas do Exército para destruir a cidade. Tal fenômeno é observado a partir de depoimentos e observação das práticas sócio - culturais da população local, bem como através da metodologia utilizada pelas Comunidades Eclesiais de Base surgidas que em simbiose com a religiosidade popular gerou uma nova consciência da população em relação aos seus direitos, desencadeando na década de 80 uma serie de movimentos sociais na cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Floriza Maria Sena Fernandes
Bacharel em Ciências Sociais e Professora da Universidade do Estado da Bahia. Vice - Coordenadora do Centro de Pesquisa em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação OPARÁ/UNEB.

Referências

ALMANAQUE [DO] INSTITUTO POPULAR MEMORIAL HISTÓRICO DE CANUDOS. Paulo Afonso: Fonte Viva, 1993.

BETTO, Frei. CEB’s: rumo à nova sociedade. São Paulo: Paulinas, 1983.

BOFF, Clodovis. Agente de Pastoral e povo. Petrópolis: Vozes, 1984.

_____________. Comunidade Eclesial – comunidade política. Petrópolis: Vozes, 1978.

BOFF, Leonardo. Igreja, carisma e poder. Petrópolis: Vozes, 1982.

_____________. Nova evangelização, perspectiva dos oprimidos. Fortaleza: Vozes, 1990.

CANUDOS. Lei orgânica do Município de Canudos, 1990. Estado da Bahia. Revista Alfa Gráfica e Editora Ltda. Salvador – BA.

CASTRO, Marcos. 64: Conflito Igreja X Estado. Petrópolis: Vozes, 1984.

CPT: Pastoral é compromisso. Petrópolis: Vozes, 1983.

CUNHA, Euclides da. Os Sertões. 5 ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1914.

DELLA CAVA, Ralph. Milagre em Juazeiro. Rio de Janeiro: Paz e terra, 1997.

DEMO, Pedro. Pobreza política. Campinas: Autores Associados, 1996.

DURHAM, Eunice Ribeiro. Movimentos Sociais: A construção da cidadania. Novos estudos CEBRAP, 1984.

EPISCOPADO LATINO-AMERICANO DA IGREJA CATÓLICA. Documento de Puebla – Conclusões da II Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano – Evangelização no presente e no futuro da América Latina. 2 ed. São Paulo: Paulinas, 1979.

FERNANDES, Florestan. Comunidade e sociedade do Brasil. 2 ed. São Paulo: Nacional, 1975.

FERNANDES, Luiz Gonzaga. Como se faz uma comunidade eclesial de base. Petrópolis: Vozes, 1984.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 3 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1980.

Gramsci. Antonio. Os Intelectuais e a Organização da Cultura. Editora Civilização Brasileira S.A. RJ. 1982.

GREGORY, Afonso. Chances e desafios das comunidades eclesiais de base. Petrópolis: Vozes, 1979.

GARCEZ, A. N. R. Fundo de Pasto: um projeto de vida sertanejo. Salvador: Interba/CAR, 1987.

GARCEZ, A. N. R.; MACHADO, H. A. Leis de terra do Estado da Bahia. 2 ed. Salvador: SEAGRI/CDA/ DESAGRO/FBR, 2001.

HONEAERT, Eduardo. Formação do catolicismo brasileiro. Petrópolis: Vozes, 1978.

IANNI, Octávio. A ditadura do grande capital. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1981.

MARTINS, José de Souza. A militarização da questão agrária. Petrópolis: Vozes, 1984.

____________________. Igreja e a questão agrária. São Paulo: Loyola, 1985.

____________________. Os camponeses e a política. Petrópolis: Vozes, 1983.

MILAN, Santiago. Canudos: uma história de luta e resistência. Paulo Afonso: Fonte Viva, 1993.

MINAYO, Maria Cecília. Pesquisa Social. Petrópolis: Vozes, 1994.

MONIZ, Edmundo. A guerra social de Canudos. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

MONTENEGRO, João Alfredo. Evolução do Catolicismo no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1972.

NOGUEIRA, Ataliba. Antônio Conselheiro e Canudos. São Paulo: Nacional, 1978.

OLIVEIRA, Pedro Ribeiro. A Igreja dos Pobres e a atividade político – partidária. In: Cadernos Fé e Política. Petrópolis: RAMA – Artes Gráficas.1989.

_______ Religião e dominação de classe. Gênese, estrutura e função do catolicismo romanizado no Brasil. Petrópolis: Vozes,1985.

________ Ensinar aprendendo. In Revista Tempo e Presença, Rio de Janeiro, Ano 12, nº 249, abril.1990.CEDI.

_______ Religião e dominação de classe. Petrópolis: Vozes,1985.

OTTEN, Alexandre. Só Deus é grande. São Paulo: Loyola,1990.

PEREIRA DE QUEIROZ, Maria Isaura. Messianismo no Brasil e no Mundo. São Paulo: Alfa – Omega,1975.

PINHO, Patrícia de Santana. Revisitando Canudos hoje no imaginário popular. In: Revista Canudos, Salvador, Ano I – nº 01, dez.1996.

ROLIM, Angelina Nobre. Fundo de Pasto: um projeto de vida sertanejo. Salvador: INTERBA/ SEPLANTEC/CAR, 1987.

SANCHES, Pierre. Catolicismo: modernidade e tradição. São Paulo: Loyola,1992.

SANTANA, Judith Maria. Saúde em casa – Comunidades do sertão. Canudos – Uauá. Paulo Afonso. Fonte Viva,1992.

SILVA, José Maria de Oliveira. Rever Canudos: historicidade e religiosidade popular ( 1940 – 1995 ). São Paulo,1996. Tese ( Doutorado em História Social ) – FFCLH, Universidade de São Paulo.

VARGAS – LLOSA, Mario. A Guerra do Fim do Mundo. Rio de Janeiro: Francisco Alves,1981.

VILLA, Marcos Antonio. Canudos, o povo da terra. São Paulo: Ática,1995.

SCHERER-WARREN, Ilse. Redes de Movimentos Sociais - S. Paulo. Ed. Loyola, 1993.

WANDERLEY. Luiz Eduardo. Movimento popular, CEBS e massa. In: SPINOSA, Benedito(org ) Encontro Intereclesial – texto base. São Paulo: Salesiano,1996.

Publicado
2015-09-08
Métricas
  • Visualizações do Artigo 460
  • PDF downloads: 390