EDUCAÇÃO PELAS ÁGUAS: O TERRITÓRIO TRADICIONAL PESQUEIRO COMO ESPAÇO DE EDUCAÇÃO NAO FORMAL

Marcella Laize Cruz Gomez

Resumo


O texto tem como proposta abordar e analisar o tema da educação não formal frente o contexto e modo de vida dos territórios tradicionais pesqueiros enquanto espaço educativo, discorrendo sobre a leitura e análise das principais referências diante da temática da educação não formal e território tradicional pesqueiro, relacionado – os com o desenvolvimento da participação do sujeito crítico e na defesa do seu território tradicional e nas situações de tomadas de decisões. Esse artigo parte do cenário de reflexões das temáticas citadas, dialogado na perspectiva que as atividades da pesca artesanal na dimensão de seus espaços territoriais também atuam na produção e reprodução do conhecimento.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN: 2595-9980

Indexadores: