A ARTE CIRCENSE COMO INTRUMENTO EDUCACIONAL NO MEIO RURAL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA

Edilene Jesus Souza Santana Souza, Reinaldo Alves de Santana

Resumo


Reconhecer a especificidade da Educação do Campo é buscar equacionar o direito para os sujeitos que vivem nesses espaços, superando o olhar estereotipado e estabelecendo novos caminhos para construção de uma educação que respeite os povos do campo. Nessa perspectiva, este trabalho evidencia as enriquecedoras experiências que nasceram do projeto: “Iniciação às Artes Circenses”, que foi realizado no Circo Rural Picolino localizado na Fazenda Sete Brejos, no município de Jiquiriçá – Bahia. Tal projeto foi realizado com 40 crianças e adolescentes com faixa etária entre 07 a 17 anos, objetivando tanto a valorização do campo como espaço cultural quanto da arte circense como ferramenta educacional. Desse modo, foram desenvolvidas diversas atividades que englobaram elementos circenses, teatro, dança e oficinas pedagógicas, objetivando conhecer a história do município, proporcionando a montagem de um espetáculo como resultado dos trabalhos desenvolvidos ao longo do projeto. Para verificação da eficácia de tais atividades entrevistamos 10 (dez) participantes do projeto, cujos resultados apontaram a relevância do desenvolvimento da arte circense como elemento pedagógico para o trabalho com os estudantes do campo, bem como o impacto disso na vida social destes. O projeto em questão, portanto, deixa claro a importância que uma determinada cultura, no caso a circense, propicia enquanto atividade lúdica pedagógica no processo de ensino aprendizagem, bem como a autoestima e melhoria da convivência das crianças e jovens do campo a partir da manifestação e valorização de suas ruralidades.    


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.38090/recs.2595-9980.2018.v1.n1.193-208

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN: 2595-9980

Indexadores:

 

About the Journal | Journal of Management InfoBrand & logos - Crossref