A TECNOLOGIA, A SOCIEDADE E A EDUCAÇÃO NO BRASIL: ALGUMAS REFLEXÕES CONTEMPORÂNEAS

Palavras-chave: Evolução, Sociedade, Tecnologia, Educação

Resumo

A presente pesquisa busca uma relação dialógica a partir da análise histórica da evolução tecnológica, das questões educacionais e do funcionamento da própria sociedade. No século XX, o mundo viveu a chamada terceira Revolução Industrial, acelerando comunicações, contatos e marcada pelos avanços técnico-científicos. A tecnologia, como meio de o ser humano melhorar a sua vida, ganha cada vez mais presença nos diversos ambientes sociais – e a educação tem muito destaque neste sentido. Compreender mais sobre essa realidade está no escopo desse artigo. Os caminhos metodológicos usados são o da revisão da literatura sobre as temáticas e a análise crítica das variáveis inerentes à discussão. Apresentam-se, como conclusões, o crescimento das tecnologias na mediação social, o aperfeiçoamento da educação a distância e o ensino híbrido se ampliando no contexto nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodolfo Silva Marques, Professor na Universidade da Amazônia - Brasil

Doutor em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professor na Faculdade de Estudos Avançados do Pará. Integrante do Grupo de Pesquisa em Propaganda e Publicidade.

Luiz Cezar Silva dos Santos, Professor no Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia da Universidade Federal do Pará - Brasil

Doutor em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, com Pós-Doutorado em Comunicação e Consumo pela Universidade de São Paulo. Coordenador do Grupo de Pesquisa em Propaganda e Publicidade.

Referências

ARENDT, H. A crise na cultura: sua importância social e política. In ARENDT, Hannah. Entre o passado e o futuro. Tradução Mauro W. Barbosa. São Paulo: Perspectiva, 2005, p. 248-281.
BUCKINGHAM, D. Beyond technology: rethinking learning in the age of digital culture. Em J. Pettersen (Org.), Youth Media Democracy: Perceptions of New Literacies (pp. 43-57), 2009. Dublin: Centre for Social & Educational Research.
BUCKINGHAM, D. Cultura digital, educação midiática e o lugar da escolarização. Educação e Realidade, 37-58, 2010. Disponível em www.seer.ufrgs.br/index.php/educacaoerealidade/article/view/13077/10270. Acesso: 22 jan. 2021.
CALVINO, I. Coleção de Areia. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.
CASTELLS, M. Sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.
COSTA, A. M. da. 1890-1914: no tempo das certezas. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.
DZIEKANIAK. G. e ROVER, A. Sociedade do conhecimento: Características demandas e requisitos. DataGramaZero. Revista de Ciência da Informação, vol.12, nº 5, Out 2011.
GABRIEL, M. Marketing na era digital. São Paulo: Novatec, 2010.
GHEMAWAT, P. Mundo 3.0: como alcançar a prosperidade global. Porto Alegre: Bookman, 2012.
HARARI, Y. N. 21 lições para o século XXI. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.
INNES, B; WILSON, C. Learning Machines. NY Times, 2010. Disponível em https://archive.nytimes.com/query.nytimes.com/gst/fullpage-9403E2DE153BF93AA2575AC0A9669D8B63.html. Acesso em: 20.jan.2021.
KENSKI, V. M. Aprendizagem mediada pela tecnologia. Revista Diálogo Educacional, 4(10), 47-56, 2003.
LALUEZA, J.; CRESPO, I.; CAMPS, S. As tecnologias da informação e da comunicação e os processos de desenvolvimento e socialização. Em C. Coll, & C. Monereo (Orgs.). Psicologia da Educação Virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e da comunicação (N. Freitas, Trad., pp. 47-65). Porto Alegre: Artmed, 2010.
LÉVY, P. As tecnologias da inteligência. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.
LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.
LÉVY, P. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. 3.ed. São Paulo: Loyola, 2000.
McLUHAN, M. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 2007 (primeira publicação em 1969).
PEIXOTO, J. A inovação pedagógica como meta dos dispositivos de formação a distância. EccoS – Revista Científica, São Paulo, v. 10, n. 1, p. 39-54, jan./jun. 2008.
SANTAELLA. L. A crítica das mídias na entrada do século XXI. In: Prado, J. L. R. (Org). Críticas das práticas midiáticas. São Paulo: Hacher, 2002.
SILVA, M.; PESCE, L.; ZUIN, A. Educação on-line: cenário, formação e questões didático-metodológicas. Rio de Janeiro: Wak, 2010.
TORI, R. Educação sem distância: as tecnologias interativas na redução de distâncias em ensino e aprendizagem. São Paulo: Senac, 2010.
Publicado
2021-03-26
Métricas
  • Visualizações do Artigo 317
  • ♪Áudio♪ downloads: 7
Como Citar
Marques, R. S., & Santos, L. C. S. dos. (2021). A TECNOLOGIA, A SOCIEDADE E A EDUCAÇÃO NO BRASIL: ALGUMAS REFLEXÕES CONTEMPORÂNEAS. Cenas Educacionais, 4, e10745. Recuperado de https://www.revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/article/view/10745
Seção
Dossiê Temático