Um Panorama do Ensino de Estatística em Programas de Pós-graduação em Âmbito Nacional - 2013 a 2017

Palavras-chave: Ensino. Estatística. Praticas Investigativas. Formação.

Resumo

Este artigo apresenta um estudo sistematizado em programas de pós-graduação stricto senso, a nível nacional, na área do ensino da matemática. Tem como objetivo identificar como se apresenta nas pesquisas o ensino da estatística na educação básica das escolas brasileiras, bem como refletir acerca da formação inicial e continuada dos professores e quais metodologias têm sido desenvolvidas em suas práticas para possibilitar a melhoria do processo de ensino-aprendizagem em estatística. Sendo assim os descritores utilizados para a busca se configuraram como sendo: práticas investigativas no ensino da estatística e formação inicial e continuada de professores para o ensino de estatística. A pesquisa foi desenvolvida com cunho qualitativo, na modalidade bibliográfica, cujos achados são tratados a partir de uma análise interpretativa fazendo uso, como aporte teórico, dos próprios autores dos trabalhos selecionados. Após análises dos trabalhos os resultados apontam para a necessidade de intensificar pesquisas acerca do ensino de estatística com investimentos mais significativos na formação inicial e continuada dos professores para desenvolverem suas práticas no espaço escolar envolvendo o objeto de conhecimento estatístico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arthur Gonçalves Machado Júnior, Universidade Federal do Pará, UFPA, Belém/PA

Licenciado Pleno em Ciências com Habilitação em Matemática pela União das Escolas Superiores do Pará (1988/89), Mestre em Educação em Ciências e Matemáticas pela Universidade Federal do Pará (2005) e Doutor em Educação em Ciências e Matemáticas pela Universidade Federal do Pará (2014). É professor da UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ (UFPA) desde abril de 2010, situando-se atualmente na categoria de PROFESSOR ADJUNTO II. É docente/pesquisador do Programa de Pós-graduação em Docência em Educação em Ciências e Matemática (PPGDOC/IEMCI/UFPA) - Mestrado Profissional. Também é docente da Faculdade de Educação Matemática e Científica (FEMCI) no Curso de Licenciatura Integrada em Ciências, Matemática e Linguagens (LIECML) para os anos iniciais do Ensino Fundamental. Tem experiência na área de Educação Matemática e seu campo de pesquisa tem ênfase na Formação de Formadores Professores e na Formação de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de formadores e de professores e processos de ensinar e aprender matemática na Educação Básica. Atualmente em Estágio pós-Doutoral, na Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita ? UNESP/Campus Bauru, estado de São Paulo, sob a supervisão do Prof. Dr. Antonio Nelson Pirola.

Cleuma Gonçalves Matos Martins, Secretaria Estadual de Educação do Estado do Pará (SEDUC/PA)

Possui graduação em PEDAGOGIA pela Universidade Federal do Pará (UFPA/1992), Especialização em docência do ensino superior (UFPA/1997), Especialização em gestão escolar (UFPA/2009), atualmente é servidora efetiva na Secretaria Executiva de Educação do Pará (SEDUC/PA), no cargo de professora AD-4 no Ensino Médio Regular no município de Uruará e servidora efetiva na Secretaria Municipal de Educação de Uruará, no cargo de professora de Licenciatura plena em Pedagogia no Ensino Fundamental, lotada em 2017 na função de orientação educacional. Além da docência, tem experiência na área de gestão escolar, coordenação pedagógica e orientação educacional.

Talita Carvalho Silva de Almeida, Universidade Federal do Pará, UFPA, Belém/PA
Possui graduação em Licenciatura Plena em Matemática pela Universidade do Estado do Pará (2003), graduação em Tecnologia em Processamento de Dados pelo Centro de Ensino Superior do Pará (2001), Especialização em Sistemas de Banco de Dados pela Universidade Federal do Pará (2002), Mestrado em Educação Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2010), Doutorado em Educação Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2015). É docente da Universidade Federal do Pará, lotada no Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI). Tem experiência na área de Educação Matemática, com ênfase em Ensino e Aprendizagem de Matemática, Didática da matemática, Tecnologias e Meios de Expressão e Uso de Ambientes Computacionais para o Ensino de Matemática.

Referências

ARAUJO, E.L. Concepções de educação estatística: narrativas de professores membros do gt-12 da SBEM, Paraná - 2017

BIFI, C. R. Conhecimentos estatísticos no Ciclo I do Ensino Fundamental: um estudo diagnóstico com professores em exercício ; Pontifícia universidade católica de São Paulo, Puc.2014

MINAYO, M. C. S. O desafio da pesquisa social. In. MINAYO, M. C. S. (Org.). Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. 34 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015

PONTE, J. P.; BROCADO, J.; HÉLIA, O. Investigações Matemáticas na Sala de Aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

SILVA, E. W. F. Saberes estatísticos mobilizados na formação docente de professores dos anos iniciais do ensino fundamental. Universidade Federal do Pará, Instituto de Educação Matemática e Científica; Pará, 2016.

SOUZA, L. O. O Desenvolvimento Profissional de Professores em Estatística: um projeto Multidimensional de formação colaborativa. Universidade Cruzeiro do Sul, 2013

Publicado
2020-08-31
Métricas
  • Visualizações do Artigo 122
  • PDF (PORTUGUÊS) downloads: 34
Como Citar
Machado Júnior, A. G., Matos Martins, C. G., & Silva de Almeida, T. C. (2020). Um Panorama do Ensino de Estatística em Programas de Pós-graduação em Âmbito Nacional - 2013 a 2017. Revista Baiana De Educação Matemática, 1, e202008. https://doi.org/10.47207/rbem.v1i0.9171