Formação superior para docentes indígenas no Acre

Do sonho à realidade

Resumo

Este estudo tem como foco o Curso de Licenciatura Indígena da Universidade Federal do Acre - UFAC. Objetiva refletir sobre a importância, o papel e os desafios do ensino superior para indígenas na região mais ocidental do Brasil. O estudo tem caráter qualitativo, com método de abordagem dialético e procedimento histórico. O levantamento de informações documentais deu-se a partir do primeiro e segundo Projeto Político Pedagógico. O arrolamento documental e sua análise tiveram como finalidade obter informações necessárias sobre sua institucionalização à luz da legislação sobre Educação Escolar Indígena. Paralelamente, realizamos entrevistas abertas nas quais enfocamos os pontos principais que pretendíamos investigar. Elas foram realizadas em momentos e lugares distintos, tanto na fase presencial, como junto às comunidades indígenas visitadas por ocasião da fase intermediária.  Verificamos como resultado, que o curso representa uma experiência e possibilidade de ampliação da capacidade de organização da educação e do ensino, bem como, a garantia de um processo de valorização da cultura tradicional, através da construção de um currículo baseado na interlocução entre os conhecimentos científicos e as necessidades daquelas comunidades. Concluímos, que a partir de elementos históricos e controvertidos sobre a Licenciatura Indígena da UFAC, ainda que consideremos as dificuldades e desafios, ela constitui a realização de um sonho para professores indígenas da região, sendo a única e específica porta de acesso ao ensino superior público no estado, que oferece formação aos docentes indígenas acreanos, bem como possibilita conhecermos com mais profundidade os processos vivenciados pelos vários sujeitos envolvidos no fazer cotidiano desse curso.

Palavras-chave: Formação; Professores; Indígenas; Acre.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Alessandro Cândido da Silva, Universidade Federal do Acre (UFAC)

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Paraná (2015). Professor adjunto e vice-coordenador do Curso de Licenciatura Indígena (CLI) da Universidade Federal do Acre (UFAC) - Campus Floresta. Coordenador do Estágio Supervisionado do CLI na UFAC.

Adevânia da Silva Gomes, Universidade Federal do Acre (UFAC)

Mestranda no Programa de Pós Graduação em Ensino de Humanidades e Linguagens da Universidade Federal do Acre (2020). Especialização na área de Educação - Gestão Escolar com habilitação em Administração, Supervisão, Orientação e Inspeção Escolar, concluída em 2014. Graduando Licenciatura em Matemática na UNINTER (2018), Licenciada em Pedagogia pela Universidade Federal do Acre (2012). Bacharel em Administração pelo Instituto de Educação, Ciências e Tecnologia do Vale do Juruá (2007).  Atualmente Servidora Efetiva da Secretaria do Estado do Amazonas - SEDUC, no Município de Guajará/AM.

Publicado
2020-12-16
Métricas
  • Visualizações do Artigo 24
  • PDF downloads: 31
Como Citar
Silva, J. A. C. da, & Gomes, A. da S. (2020). Formação superior para docentes indígenas no Acre: Do sonho à realidade. Abatirá - Revista De Ciências Humanas E Linguagens, 1(2), 186 - 204. Recuperado de https://www.revistas.uneb.br/index.php/abatira/article/view/9635