Livros e likes: ponderações sobre o ensino de literatura em tempos de leituras em mídias digitais

Abinalio Ubiratan da Cruz Subrinho, Denise Dias de Carvalho Sousa

Resumo


Este artigo problematiza algumas questões referentes ao ensino de literatura na contemporaneidade, principalmente as cisões que são estabelecidas com a não inclusão dos gêneros e textos provenientes da literatura digital nos programas e práticas escolares. Logo, com tais diálogos, objetivamos propiciar reflexões quanto ao processo de aproximação dos professores, educadores e demais atores que exercem a função de mediadores de leituras literárias com a ficção digital. Para tanto, além das discussões teóricas, recorremos a bases documentais e netnográficas para evidenciar as mutações no campo literário na internet, analisando um dos seus recortes: os booktubers como relevante instrumento na suplementação do ensino e leitura literária, ancorados nas teses e estudos de Cândido (2004), Lima (2014), Rangel (2014), Lévy (1999) dentre outros. Desse modo, constatamos [e reiteramos] a necessidade do debate, uma vez que, para os leitores-internautas esses artefatos já lhes são, em grade parte, familiares; contudo, os currículos, planejamentos e práticas, em alguns casos, ainda cismam em rechaçá-los.

Palavras-chave


Literatura digital; Ensino de literatura; Booktubers

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.35499/tl.v14i1.8605

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: PROPEP – Programa Interno de Apoio a Editoração e Publicação de Periódicos Científicos da UNEB.

DOI: http://www.revistas.uneb.br/index.php/tabuleirodeletras

ISSN: 2176-5782

Classificação Qualis Períodicos CAPESA4

Indexadores:

        

 

 Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.