Acontecimento enunciativo: o funcionamento semântico da designação constituída na e pela história

Rejane Fiepke Carpenedo, Eliana Rosa Sturza

Resumo


Este artigo se inscreve na Teoria da Enunciação, sob a perspectiva da Semântica do Acontecimento de Guimarães (2018), e toma o funcionamento semântico da Designação como fundamento para este estudo. A designação é a significação de um nome que funciona como elemento das relações sociais que ajuda a construir e das quais passa a fazer parte, constituindo-se sócio-historicamente. Para compreender este movimento de sentidos pela Designação nos propomos a analisar o sintagma nominal “Fora Temer” que passou a integrar a história da política recente do país e a repercutir nos mais distintos espaços. Nosso corpus se constitui de quatro sequências enunciativas, obtidas por meio de conteúdos compartilhados no Facebook e de sites de notícias, com o enunciado “Fora Temer” nos diferentes contextos sociais, e o movimento analítico da designação se dá com base no processo de reescrituração deste sintagma. A partir deste estudo, observamos que os diferentes modos de reescrituração da designação reforçam a expressão enquanto acontecimento enunciativo dotado de memória, bem como, se reescrevem os sentidos de reprovação, resistência e não aceitação, uma vez que a designação se constitui na e pela história.


Palavras-chave


Acontecimento Enunciativo. Designação. Enunciação. Reescrituração.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.35499/tl.v14i1.8602

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: PROPEP – Programa Interno de Apoio a Editoração e Publicação de Periódicos Científicos da UNEB.

DOI: http://www.revistas.uneb.br/index.php/tabuleirodeletras

ISSN: 2176-5782

Classificação Qualis Períodicos CAPESA4

Indexadores:

        

 

 Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.