“Tu sabe do que eu to falando”: a variação pronominal da segunda pessoa do singular em Florianópolis, um estudo de caso

Rafael Zaccaron

Resumo


Há variação no português brasileiro no uso do pronome pessoal da segunda pessoa tu/você. Neste artigo, discute-se a relevância do fator faixa etária no uso dos pronomes pessoais tu/você em Florianópolis-SC. Tendo como por base os conceitos da Teoria da Variação de Labov (2008), a análise de duas entrevistas semiestruturadas com duas florianopolitanas procura identificar os fatores linguísticos e socias que induzem tal fenômeno linguístico. Os resultados deste estudo de caso indicam variabilidade no uso do pronome tu e você na cidade. Sendo que o pronome tu é relacionado ao vernáculo enquanto você é considerado o pronome de uso para desconhecidos ou no ambiente de trabalho, segundo as participantes.

Palavras-chave


Sociolinguística; pronome; variação tu/você.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.35499/tl.v13i1.5748

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


DOI: http://www.revistas.uneb.br/index.php/tabuleirodeletras

ISSN: 2176-5782

Classificação Qualis Períodicos CAPES: B3

Indexadores:

        

 

 Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.