Todos somos animais: uma leitura de “Encontro no jardim”, de Astrid Cabral

Ana Paula Cantarelli

Resumo


O presente trabalho é resultado de discussões sobre o livro Jaula (2006), de Astrid Cabral. Com o intuito de abordar a maneira como as relações entre homens e animais são representadas na referida obra, optei por, inicialmente, realizar um breve comentário sobre o conteúdo dos poemas que a constituem, discorrendo sobre o vínculo destes com o título da obra. A seguir, como ponto central do estudo, o poema “Encontro no jardim” foi posto em evidência através da identificação de elementos, em sua composição, que propiciam o encontro e o reconhecimento entre o animal humano e o animal não-humano.

Palavras-chave


Jaula; Astrid Cabral; Razão; Animalidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


DOI:

ISSN: 2176-5782

Classificação Qualis CAPES: Linguística e Literatura - B3

Indexadores:

        

 

 Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.