A influência do interlocutor na organização discursiva de quatro narrativas orais de crianças

Roberval Teixeira-e-Silva

Resumo


O trabalho investiga, sob a perspectiva da Sociolinguística Interacional, a organização discursiva de quatro narrativas orais feitas por uma criança. Assumimos a língua como o lugar da interação, nas quais construímos e reconstruímos o mundo, e nas quais se fazem presentes todos os elementos constituidores dos contextos: os asssuntos, o ambiente, as relações de poder, as diferentes linguagens, os interlocutores. A narrativa, como recorte discursivo, coloca-se como um rico campo de análise tanto no que se refere à sua organização semântico-estrutural quanto no que se refere ao acesso que permite ao universo sociocultural dos interlocutores. Os resultados desse estudo evidenciam o discurso como uma produção processual e coletiva, na qual os interagentes têm o papel fundamental de coconstrutores.


Palavras-chave


Narrativa; Interação; Poder; Discurso;

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.35499/tl.v0i3.151

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


DOI: http://www.revistas.uneb.br/index.php/tabuleirodeletras

ISSN: 2176-5782

Classificação Qualis Períodicos CAPES: B3

Indexadores:

        

 

 Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.