Narrativas (auto)biográficas: percursos formativos de uma alfabetizadora

Julia Bolssoni Dolwitsch, Helenise Sangoi Antunes

Resumo


O presente artigo tem como objetivo principal compreender, por meio das narrativas (auto)biográficas, os percursos formativos de uma alfabetizadora, no interior do Rio Grande do Sul, permeando suas experiências em relação à escolha profissional, aos primeiros anos na docência e às memórias sobre a profissão. Ao longo do texto, procuramos dividir a nossa escrita com autores que discutem e defendem que as narrativas (auto)biográficas se constituem em caminhos possíveis para dialogar sobre o processo de (auto)formação docente. Os percursos formativos da alfabetizadora revelam uma história repleta de sonhos e dificuldades, em que a vontade de se tornar professora e a busca pela formação foram maiores em relação às poucas oportunidades que teve ao longo da sua trajetória.


Palavras-chave


Narrativas (auto)biográficas. Percursos formativos. Formação de professores.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. As narrativas de si ressignificadas pelo emprego do método autobiográfico. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto; SOUZA, Elizeu Clementino de. (Orgs.). Tempos, narrativas e ficções: a invenção de si. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006. p. 149-170.

ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. A (re)invenção da personagem – revisitando a história de vida de uma destacada educadora sul-rio-grandense mediante leitura de fontes imagéticas. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. (Org.). Destacados educadores brasileiros: suas histórias, nossa história. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2016. p. 263-286.

ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. Pesquisa (auto)biográfica – tempo, memória e narrativas. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto (Org.). A aventura (auto)biográfica: teoria e empiria. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004. p. 201-224.

ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto; FRISON, Lourdes Maria Bragagnolo. Narrativas (auto)biográficas de formação e o entrelaçamento com a autorregulação da aprendizagem. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. (Org.). (Auto)biografia e formação humana. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010. p. 191-216.

ANTUNES, Helenise Sangoi. Ser aluna, ser professora: uma aproximação das significações sociais instituídas e instituintes construídas ao longo dos ciclos de vida pessoal e profissional. Santa Maria, RS: Editora da UFSM, 2011.

ANTUNES, Helenise Sangoi. Ser aluna, ser professora: uma aproximação das significações sociais instituídas e instituintes construídas ao longo dos ciclos de vida pessoal e profissional. 2001. 257 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2001.

ARROYO, Miguel Gonzalez.; FERNANDES, Bernardo Mançano. A educação básica e o movimento social do campo. Brasília, DF: Articulação Nacional Por Uma Educação Básica do Campo, 1999.

BAUER, Martin W.; GASKELL, George. (Edts.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 9. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

BERCOVITZ, Alain. Le savoir est dans le discours partagé. Éducation Permanente, Paris, n. 49-50, p. 97-99, 1981.

BOLÍVAR, Antonio. A expressividade epistêmico-metodológica da pesquisa (Auto)Biográfica. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto et al. (Orgs.). Pesquisa (auto)biográfica, fontes e questões. Curitiba: CRV, 2014. p. 113-127.

BOLÍVAR, Antonio; DOMINGO, Jesús; FERNÁNDEZ, Manuel. La investigación biográfico-narrativa em educación: enfoque e metodologia. Madrid: La Muralla, S. A., 2001.

CANÁRIO, Rui. Educação de adultos: um campo e uma problemática. Lisboa: Educa, 1999.

CASAÑA, Limber Elbio Santos. Pedagogía rural uruguaya. In: ANTUNES, Helenise Sangoi; SOUZA, Elizeu Clementino de. (Orgs.). Formação e trabalho docente em contexto rural: diálogos teórico-metodológicos. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2017. p. 33-59.

CUNHA, Maria Isabel da. No tempo em que o telefone era preto e a geladeira branca: a escola, a vida e as aprendizagens. In: FISCHER, B. T. D. (Org.). Tempos de escola: memórias. V. II. São Leopoldo: Oikos; Brasília: Liber Livro, 2011. p. 95-106.

DELORY-MOMBERGER, Christine. A condição biográfica: ensaios sobre a narrativa de si na modernidade avançada. Natal: EDUFRN, 2012.

DELORY-MOMBERGER, Christine. Biografia e educação: figuras do indivíduo-projeto. Natal: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2008.

DIAS, Cleuza Maria Sobral. Processo identitário da professora-alfabetizadora: mitos, ritos, espaços e tempos. 2002. 201 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2002.

DOMINICÉ, Pierre. A biografia educativa: instrumento de investigação para a educação de adultos. In: NÓVOA, António; FINGER, Mathias. (Orgs.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: MS/DRHSCFAP, 1988. p. 99-106.

DOMINICÉ, Pierre. O processo de formação e alguns dos seus componentes relacionais. In: NÓVOA, António; FINGER, Mathias. (Orgs.). O método (auto)biográfico e a formação. Natal: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010. p. 81-95.

FINGER, Matthias. As implicações sócio-epistemológicas do método biográfico. In: NÓVOA, António; FINGER, Matthias. (Orgs.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, 1988. p. 79-86.

GUEDES-PINTO, Ana Lúcia. Rememorando trajetórias da professora alfabetizadora: a leitura como prática constitutiva de sua identidade e formação profissionais. Campinas, SP: Mercado de Letras; São Paulo: Fapesp, 2002.

HERNÁNDEZ, Fernando; VENTURA, Montserrat. A organização do currículo por projetos de trabalho. Porto Alegre: Artmed, 1998.

JOSSO, Marie-Christine. Da formação do sujeito... Ao sujeito da formação. In: NÓVOA, António; FINGER, Matthias. (Orgs.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, 1988. p. 35-50.

JOSSO, Marie-Christine. Experiências de vida e formação. Natal: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010a.

JOSSO, Marie-Christine. Caminhar para si. Tradução de Albino Pozzer. Coordenação de Maria Helena Menna Barreto Abrahão. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010b.

JOSSO, Marie-Christine. Os relatos de histórias de vida como desvelamento dos desafios existenciais da formação e do conhecimento: destinos sócio-culturais e projetos de vida programados na invenção de si. In: ABRAHÃO, Maria Helena; SOUZA, Elizeu Clementino de. (Orgs.). Tempos, narrativas e ficções: a invenção de si. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006. p. 21-40.

JOVCHELOVITCH, Sandra; BAUER, Martin W. Entrevista narrativa. In: BAUER, Martin W.; GASKELL, George. (Edts.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 9. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011. p. 90-113.

MOITA, Maria da Conceição. Percursos de formação e de trans-formação. In: NÓVOA, António. Vidas de professores. (Org.). 2. ed. Porto: Porto Editora, 2000. p. 111-140.

NÓVOA, António. A formação tem de passar por aqui: as histórias de vida no projecto prosalus. In: NÓVOA, António; FINGER, Matthias. (Orgs.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, 1988. p. 107-130.

NÓVOA, Antônio. Professores: imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009.

NÓVOA, António. Os professores e as histórias da sua vida. In: NÓVOA, António. Vidas de professores. (Org.). 2. ed. Porto: Porto Editora, 2000. p. 11-30.

NÓVOA, António; FINGER, Matthias. (Orgs.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, 1988.

PINEAU, Gaston. A autoformação no decurso da vida: entre a hetero e a ecoformação. In: NÓVOA, António; FINGER, Mathias. (Orgs.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, 1988. p. 63-77.

PINEAU, Gaston; Marie-Michéle. Produire sa vie: autoformacion et autobiographie. Paris: Edilig, 1983.

SANTOS, Fabio Josué Souza dos.; SOUZA, Elizeu Clementino de. Trajetória de vida e profissional de professoras de classes multisseriadas: alguns apontamentos. In: ANTUNES, Helenise Sangoi; SOUZA, Elizeu Clementino de. (Orgs.). Formação e trabalho docente em contexto rural: diálogos teórico-metodológicos. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2017. p. 87-114.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Biografar-se e empoderar-se: entrevista autobiográfico-narrativa e percursos de formação da professora Dilza Atta. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. (Org.). Destacados educadores brasileiros: suas histórias, nossa história. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2016. p. 65-95.

SOUZA, Elizeu Clementino de. O conhecimento de si: estágio e narrativas de formação de professores. Rio de Janeiro: DP&A; Salvador: EDUNEB, 2006b.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Pesquisa narrativa e escrita (auto)biográfica: interfaces metodológicas e formativas. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto; SOUZA, Elizeu Clementino de. (Orgs.). Tempos, narrativas e ficções: a invenção de si. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006a. p. 135-147.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Modos de narração e discursos da memória: biografização, experiências e formação. In: PASSEGI, Maria da Conceição; SOUZA, Elizeu Clementino de. (Orgs.). (Auto)Biografia: formação, territórios e saberes. Natal: EDUFRN, 2008. p. 85-101.

SOUZA, Elizeu Clementino de. O conhecimento de si, as narrativas de formação e o estágio: reflexões teórico-metodológicas sobre uma abordagem experiencial de formação inicial de professores. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. (Org.). A aventura (auto)biográfica: teoria e empiria. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004. p. 387-417.

SOUZA, Elizeu Clementino de.; PINHO, Ana Sueli Teixeira de.; MEIRELES, Mariana Martins de. Tensões entre o local e o global: ruralidades contemporâneas e docência em escolas rurais. Revista Educação, Santa Maria, UFSM, v. 37, n. 2, p. 351-364, mai./ago. 2012. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2018.

SOUZA, Elizeu Clementino de.; MEIRELES, Mariana Martins de. A FORMA DA OUTRA BEIRA: escolas rurais – entre invisibilidades, permanências e perspectivas. In: ANTUNES, Helenise Sangoi; FARIAS, Graziela Franceschet. (Orgs.). Desafios e perspectivas na educação rural: fazeres pedagógicos e seus múltiplos olhares. Curitiba: CRV, 2014. p. 69-85.

SOUZA, Elizeu Clementino de et al. Ritos de passagem de estudantes de classes multisseriadas rurais nas escolas da cidade. Roteiro, Joçaba, v. 41, n. 1, p. 219-240, jan./abr. 2016. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

SOUZA, Elizeu Clementino de.; SOUSA, Rosiane Costa de. Condições de trabalho docente, classes multisseriadas e narrativas de professoras no território do baixo sul baiano: significados e sentidos. Currículo sem Fronteiras, v. 15, n. 2, p. 380-408, mai./ago. 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2018.v3.n9.p998-1015

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: 

 

 

Portal SEER

Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica - RBPAB - Qualis B2 Educação

 A Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica é publicada sob a licença Creative Commons de  Atribuição-NãoComercial CC BY-NC