SONORIDADES NA CIDADE ARACAJUANA: SONS, VOZES E PRÁTICAS CULTURAIS

Cleber de Oliveira Santana

Resumo


Os estudos contemporâneos identificam
a cidade como um espaço fértil para
várias reflexões em torno das produções
materiais de cultura, das relações de
sociabilidades diferenciadas existentes,
ou através das suas produções de
memórias representadas nas expressões
culturais, religiosidades, músicas,
língua. O presente estudo tem como
objetivo evidenciar as sonoridades
presentes no cotidiano e nos momentos
das celebrações festivas realizados pela
população aracajuana pós 1855, quando
o povoado torna-se cidade e capital, bem
como os diversos ambientes e práticas
culturais dessa população. Nesse
sentido, realizamos uma interpretação
dessas heranças culturais e alguns dos
temas sempre recorrente que venho
encontrando durante o levantamento
está nas relações existentes entre a
cidade, as sonoridades e o
desenvolvimento urbanístico constante
entre os séculos XIX e XX.
Palavras-chave: Cidade. Sonoridades.
Aracaju.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.