CALÍRROE DE SIRACUSA, FILHA DO GENERAL HERMÓCRATES: DIÁLOGOS ENTRE CÁRITON E TUCÍDIDES

Adriane da Silva Duarte

Resumo


Caso único entre os romances gregos
do corpus erótico (ideal love novels),
Quéreas e Calírroe (I d.C.) situa-se no
passado clássico, mais precisamente
na virada entre os séculos V e IV
a.C.) e traz entre os personagens
figuras históricas, notadamente
Hermócrates de Siracusa, pai da
heroína Calírroe. Hermócrates
destacou-se na condução da frota
siracusana que derrotou os
atenienses durante sua investida
contra a Sicília na Guerra do
Peloponeso, como atesta Tucídides
(História da Guerra do Peloponeso,
IV.58-65; VI.32-5, 72-3; VII.21, 73;
VIII.26-9, 45, 85). O objetivo desse
artigo é discutir o uso que o
romancista faz desse background
histórico e os limites entre história e
ficção.
Palavras-chave: Quéreas e Calírroe;
História da Guerra do Peloponeso;
Cáriton de Afrodísias; Tucídides;
romance antigo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.