Cultura e representatividade negra no mundo da cibercultura

Alesandra de Jesus Silva

Resumo


Resumo: Este artigo tematiza o conceito de cultura definido a partir do século XVIII. Procura compreen-der os diferentes significados atribuídos a palavra cul-tura ao longo da tradição, compreendendo o nasci-mento dos estudos culturais como a afirmação do caráter pluralista de cultura. Assim, no século XX, o foco não é mais a conciliação de todos nem a luta por uma cultura comum, mas a disputa entre identidades. A emergência de um novo paradigma tecnológico e-clode com força por todo o mundo e é necessário considerar as novas formas de pensar e difundir cultu-ra, sendo a cibercultura uma ferramenta que vem in-fluenciando as relações sociais de imersões e signifi-cações culturais através da representatividade, do ativismo político, de construção de significados transgressores, e do favorecimento de intercâmbios cultural. Por fim, analiso dois espaços/plataformas de afinidades centrados na representatividade e afirma-ção do empoderamento negro.
Palavras-Chave: Cultura; Estudos culturais; cibercul-tura; representatividade negra; empoderamento negro.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Grau Zero - Revista de Crítica Cultural
(Organizada pelo PÓS-CRÍTICA)

Publicação Semestral

ISSN 2318-7085

 

INDEXADORES

 

 

 


FOMENTO/FINANCIAMENTO