Vendem-se causas, compram-se lutas! A apropriação de questões sociais pela indústria cultural

Júlia dos Anjos Costa

Resumo


Resumo: O presente ensaio discute e analisa alguns modos de apropriação de questões sociais pela indús-tria cultural, que visualiza nestas um lucrativo nicho de mercado a ser constantemente explorado. Esta análise se desenvolverá a partir do conceito de escla-recimento abordado por Immanuel Kant (1784) e em seus desdobramentos através de Teodor Adorno e Max Horkheimer (1947), no intuito de explorar as i-deias que podem auxiliar na compreensão sobre as cínicas amarras capitalistas, que moldam a subjetivi-dade dos indivíduos na busca por dominá-los de mo-do totalitário. Com isso, busca-se examinar também como essa apropriação ocorre ao fazer uso da força midiática (tais como moda, publicidade e cinema) como ferramenta de alienação da massa, citando ca-sos relevantes ocorridos em setores distintos, rela-cionando com os malefícios que a Indústria Cultural promove.
Palavras-Chave: Questões Sociais; Esclarecimento; Indústria Cultural; Mídia.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Grau Zero - Revista de Crítica Cultural
(Organizada pelo PÓS-CRÍTICA)

Publicação Semestral

ISSN 2318-7085

 

INDEXADORES

 

 

 


FOMENTO/FINANCIAMENTO