PERFORMANCE OF TRADITIONAL INVESTMENT FUNDS AND ETFs LINKED TO SUSTAINABILITY AND CORPORATE GOVERNANCE

Elisângela de Magalhães Soares, Bruno Milani

Resumo


The objective of this study is to compare the performance of traditional investment funds and Exchange traded funds (ETFs), which benchmarks are Ibovespa, IBrX and Sustainability Indexes, as well as free funds using daily frequency data covering the period from 20 June 2012 to 31 October 2013. The survey is descriptive with a quantitative approach. Analyses were performed using the Capital Asset Pricing Model (CAPM) and the Sharpe Ratio (1966). In order to obtain an index of ETFs linked to sustainability, the nomenclature and prospectus of each ETF were analyzed to see which ones were linked to this sector. Then the average return of these funds was calculated, weighted by its Net Asset Value, generating a series of the same period and frequency of others. The results show that the funds linked to sustainability and corporate governance indices are one of the best investment options, surpassed only by free funds.


Palavras-chave


Fundos de investimento. Índices de Sustentabilidade. Performance

Texto completo:

ARTIGO (English)

Referências


ANBIMA. Associação Nacional das entidades dos mercados financeiro e de capitas. Disponível em . Accessed in: June 24th, 2015.

BAUER, R.; DERWALL, J.; OTTEN, R. The ethical mutual fund performance debate: new evidence from Canada. Journal of Business Ethics, p. 111–124, 2007.

BOWEN, H. Responsabilidade social do homem de negócios. Rio de Janeiro: Civilização, 1957.

BMF&BOVESPA. Bolsa de Mercadorias e Futuros e Bolsa de Valores de São Paulo. Disponível em: Accessed in: June 24th, 2015.

CARHART, M. M. On Persistence in Mutual Fund Performance. The Journal of Finance, vol. 52, n. 1, p. 57-82, 1997.

CAVALCANTI, L.R.; BRUNI, A.L.; COSTA, F.J. Sustentabilidade empresarial e valor da empresa: um estudo de eventos no mercado brasileiro de ações, In: XXXII ENCONTRO DA ANPAD, 2008, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPADM 2008.

CERETTA, P.S; BARBA, F.G.; CASARIN, F.; KRUEL, M.; MILANI, B. Desempenho financeiro e a questão dos investimentos sócio-ambientais, RGSA – Revista de Gestão Social e Ambiental, v.3, n. 3, p. 72-84, Sept- Dec 2009.

FERSON, Wayne E.; SCHADT, Rudi W. Measuring Fund Strategy and Performance in Changing Economic Conditions. The Journal of Finance, v. 51, n. 2, p. 425-461, 1996.

FONSECA, Sâmia Carneiro; MALAQUIAS, Rodrigo Fernandas. O efeito smart Money no segmento de fundos multimercados. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, v. 2, n.3, p. 3-16, 2012.

FORTUNA, Eduardo. Mercado Financeiro: produtos e serviços. 17th ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2010.

JENSEN, M.C. The performance of mutual funds in the period of 1945-1964. Journal of Finance, v. 23, n. 2, p. 389-416, 1967.

JUBERT, R. W.; MONTE, P. A. PAIXÃO, M. C. S.; LIMA, W. H. Um estudo do padrão de volatilidade dos principais índices financeiros do Bovespa: uma aplicação de modelos ARCH. UnB Contábil, v. 11, n. 1-2, p. 221-239, 2008.

MACHADO, M.R; MACHADO, M.A.V; CORRAR, L.J. Desempenho do Índice de Sustentabilidade, Empresarial (ISE) da Bolsa de Valores de São Paulo. Revista Universo Contábil, ISSN. 1809-3337, v.5, n.2, p. 24-38, apr/jun. 2009.

MILANI, Bruno; DIAS, Valéria da Veiga; MENEZES, Uiara Gonçalves de; CERETTA, Paulo Sérgio. Fundos de Investimento: Gestão sustentável gera retorno? In: Fórum Internacional Ecoinovar II, 2012, Santa Maria. Anais... Santa Maria: UFSM, 2012a.

MILANI, Bruno; RIGHI, Marcelo Brutti; CERETTA, Paulo Sérgio; DIAS, Valéria da Veiga. Práticas de sustentabilidade, governança corporativa e responsabilidade social afetam o risco e o retorno dos investimentos? Revista de Administração da UFSM, v. 5, Edição Especial, p. 667-682, 2012b.

MIURA,M.N; MARCON,R; SOUZAM.J.M. A Crise global e seus Impactos no Desempenho do Índice de Sustentabilidade Empresarial – ISE e do Índice Bovespa – Ibovespa. In: XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Belo Horizonte, Brasil, 2011. Anais... Belo Horizonte: ABEPRO, 2011.

OLIVEIRA, G.A; PACHECO, M.M. Mercado Financeiro. São Paulo-SP: Editora Fundamento Educacional, 2nd ed., 2010.

ORTAS, E.; MONEVA, J.M.; SALVADOR, M. Conditional Volatility in Sustainable and traditional stock exchange indexes: analysis of the Spanish Market. Globalization, Competitiveness & Governability, v. 4, n. 2, 2010.

RABELO, S. S. T.; ROGERS, P.; RIBEIRO, K. C. S.; SECURATO, J. R. Performance das Melhores Práticas de Governança Corporativa no Brasil: um estudo de carteiras. FACEF Pesquisa, v. 10, n. 2, 2007.

REZENDE, I.A,G; NUNES, J.G; PORTELA, S.S. Um Estudo sobre o Desempenho Financeiro do Índice Bovespa de Sustentabilidade Empresarial. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade. v.2, n.1, art. 4, p. 71-93, ISSN. 1981-8610, jan/apr. 2008.

RUFINO, M.A; MAZER, Lílian Perobon; MACHADO, Márcia Reis; CAVALCANTE, Paulo Roberto Nóbrega. Sustentabilidade e Performance dos Indicadores de Sustentabilidade e lucratividade: um estudo comparativo entre os bancos integrantes e não integrantes do ISE e BM&FBOVESPA. Revista Ambiente Contábil, v.6, n.1, p.1-18, 2014.

SHARPE, W.F. Capital asset prices: a theory of market equilibrium under conditions of risk. The Journal of Finance, v. 19, n. 3, p. 425-442, 1966.

SOUSA, Fabrício Alves de; ALBUQUERQUE, Lúcia Silva; REGO, Thaiseany Freitas; RODRIGUES, Marconi Araújo. Responsabilidade Social Empresarial: Uma análise sobre a correlação entre a variação do índice de sustentabilidade empresarial (ISE) e o lucro das empresas socialmente responsáveis que compõem este índice. Revista de Administração, Contabilidade e Sustentabilidade, v. 1, n. 1, 2011.

TEIXEIRA, E.A; NOSSA, V; FUNCHAL, B. O Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e os Impactos no Endividamento e na Percepção de Risco. Revista Contabilidade e Finanças - USP, São Paulo - SP, v. 22, n. 55, P. 29-44, 2011.

WERRE, M.; VAN MARREWIJK, M. Multiple Levels of Corporate Sustainability. Journal of Business Ethics, v.44, p.107-119, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.18028/rgfc.v5i4.803

Apontamentos

  • Não há apontamentos.