ANÁLISE DO GERENCIAMENTO DO PROCESSO DE COBRANÇA: UMA PROPOSTA DE FLUXOGRAMA E LAYOUT PARA UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO

Graciela Dias Coelho Jones, Vanessa Ramos Silva, Kellen Silva Freitas

Resumo


A inadimplência nas instituições de ensino tem aumentado a cada ano. A aplicação e execução de uma política de cobrança podem auxiliar na redução do montante de contas a receber. Assim a questão que direcionou este estudo foi: De que forma ocorre o gerenciamento do processo de cobrança em uma instituição particular de ensino e quais os pontos críticos apresentados por este processo? O presente trabalho tem o objetivo de analisar o gerenciamento do processo de cobrança de uma instituição particular de ensino localizada em uma grande cidade do estado de Minas Gerias. Adicionalmente, propõe um novo fluxograma para o processo de cobrança e alterações no layout da área financeira da instituição. A metodologia usada para o desenvolvimento do trabalho foi o Estudo de Caso. Como resultado obteve-se que o gerenciamento do processo de cobrança da instituição apresenta algumas deficiências, discutidas no decorrer da apresentação do estudo. Com a proposta do novo fluxograma para o processo de cobrança e as alterações no layout da área financeira, esperam-se grandes benefícios para o desenvolvimento das atividades e também para o resultado das operações, podendo ser destacados, entre outros: otimização dos processos de cobrança, redução do custo de salários, garantia de menores índices de inadimplência, melhoria na qualidade das atividades desenvolvidas e melhor distribuição do espaço físico. Ressalta-se a importância do mapeamento de processos por meio da utilização de fluxogramas para o gerenciamento de processos. Por meio do fluxograma, da observação e análise de pontos críticos tornam-se mais dinâmicas e ganham velocidade, auxiliando o processo contínuo de controle e avaliação do processo estudado. Quanto ao espaço físico, tem-se a considerar que um bom layout contribui para a eficiência das operações das organizações, facilitando a movimentação, a comunicação e o controle das atividades executadas pelos colaboradores, pelos gestores.


Palavras-chave


Gestão de Recebíveis; Processo; Fluxograma; Layout

Texto completo:

ARTIGO

Referências


ARAÚJO, Luis César G. Organização, Sistemas e Métodos e as Tecnologias de Gestão Organizacional. 3.ed. São Paulo: Atlas, 2007.

ASSAF NETO, Alexandre. Finanças corporativas e valor. 3.ed. São Paulo: Atlas, 2008.

BEZERRA, Ricardo. Inadimplência zero. Inadimplência escolar e sua cobrança. 2010. Disponível em: http://inadimplenciazero.com.br/artigos-inadimplenciacobranca.asp#escolar. Acesso em: 03 nov. 2012.

CHINELATO FILHO, João. Arte de organizar para informatizar. Rio de Janeiro: LTC, 1993.

CORDEIRO, Claudia V. C; SLAMA, Jules G. Qualidade acústica em escritórios panorâmicos: utilização de sistemas eletrônicos de mascaramento. Revista Acústica & Vibrações, n. 21, 1998. Disponível em: http://www.acustica.org.br/revistas.cfm. Acesso em: 03 nov. 2012.

D’ASCENÇÃO, Luiz Carlos M. Organização, Sistemas e Métodos: análise, redesenho e informatização de processos administrativos. São Paulo: Atlas, 2001.

DAVENPORT, T. H. Process Innovation: Reengineering Work through Information Technology, Harvard Business School Press, Boston, 1993.

DIAS, Marco Aurélio P. Administração de materiais: Uma abordagem logística. 4 ed. São Paulo: Atlas, 1993.

FARIA, J. C. Administração: Introdução ao estudo. 5. ed. São Paulo: Pioneira, 1997.

FERREIRA, J. T. Inadimplência no Setor Educacional. Espírito Santo: Hoper, 2005.

GIL, Antonio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GITMAN, Lawrence J. Princípios de Administração Financeira. 7º Edição, São Paulo: Editora Harbra, 2002.

HARRINGTON, James. Aperfeiçoando processos empresariais: estratégia revolucionária para o aperfeiçoamento da qualidade, da produtividade e da competitividade. São Paulo: Makron Books, 1993.

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Análise de Balanços. 10 ed. São Paulo: Atlas, 2010. KAMEL, Nadim Mahmoud. Melhoria e reengenharia de processos empresariais focando o cliente. São Paulo: ERICA, 1994. ISBN 857194203X.

LIMA, Adriano Naves de. Risco de Crédito: Enfoque para a micro e pequena empresa recém constituída. 1 ed. Franca: Facef, 2002.

LONGENECKER, J. G.; MOORE, C. W; PETTY, J. W. Administração de pequenas empresas. São Paulo: Makron Books, 1997.

MARETH, T.; ALVES, T. W.; BORBA, G. S. Mapeamento de processos e simulação como procedimentos de apoio à gestão de custos: uma aplicação para o processo de registros e matrículas da universidade de Cruz Alta. In: Congresso USP, IX, São Paulo. Anais..., 2009. CD-ROM.

MEDEIROS, Edson Erthal de; REZLER, Gustavo; CORSO, Jansen Maia Del; SILVA, Wesley Vieira da. Fatores determinantes da inadimplência em instituições de ensino dos níveis fundamental e médio de Curitiba: um estudo de caso. In: Simpósio de Engenharia de Produção – SIMPEP, XII, 07 a 09 de novembro de 2005, Anais. Bauru/SP. CD – ROM.

MEDEIROS, K. M.; BRITO, F. I, e ARAUJO, A. O. Gestão de Crédito e Cobrança: análise dos resultados da terceirização em uma financeira. In: Congresso USP Iniciação Cientifica em Contabilidade, 5º, 24 e 25 de julho de 2008, São Paulo, Anais. São Paulo: USP, 2008. Disponível em: http://www.congressousp.fipecafi.org/artigos82008/115.pdf. Acesso em 5 ago. 2012.

MELLO, José Carlos Martins F. de. Negociação baseada em estratégia. São Paulo: Atlas, 2008.

OLIVEIRA, D. P. R. Sistemas, Organização e Métodos: uma abordagem gerencial. 18. ed. São Paulo: Atlas, 2006. OLIVEIRA, D. P. R. Sistema de informações gerenciais: estratégicas, táticas, operacionais. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

OLIVEIRA, R. S.; MACEDO, M. A. S. Análise da política de crédito adotada por empresas distribuidoras de combustíveis na cidade do Rio de Janeiro sob a ótica dos revendedores. In: Seminários em Administração – SEMEAD, XIII, 09 e 10 de setembro de 2010, São Paulo, Anais. São Paulo: USP, 2010. Disponível em: http://www.ead.fea.usp.br/semead/13semead/resultado/an_resumo.asp?cod_trabalho=525. Acesso em: 5 ago. 2012.

PLATTS, K.; MILLS, J.; NEELY, A.; GREGORY, M.; RICHARDS, H. Evaluating manufacturing strategy formulation processes. International Journal of Production Economics, v. 46-47, p. 233-240, 1996.

ROGLIO, K. D. Aperfeiçoamento de processos: uma oportunidade para desenvolvimento da aprendizagem em equipe. In: Encontro Nacional de Engenharia de Produção – ENEGEP, Salvador – BA, 2011. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/ENEGEP2001_TR21_0083.pdf. Acesso em 03 nov. 2012.

ROSS, S. A.; WESTERFIELD, R. W.; JAFFE, J. F. Administração Financeira. São Paulo: Atlas, 2002.

SANVICENTE, A. Z.; SANTOS, C. C. Orçamento na administração de empresas: Planejamento e controle. São Paulo: Atlas, 2000.

SECURATO, José Roberto. Crédito: Análise e Avaliação do Risco. São Paulo: Saint Paul Institute of Finance Editora, 2002.

SINEP/MG – Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais. Disponível em: http://www.sinepe-mg.org.br/. Acesso em 03 nov. 2012.

SLACK, Nigel; CHAMBERS, Stuart; JOHNSTON, Robert. Administração da Produção. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.18028/rgfc.v2i3.65

Apontamentos

  • Não há apontamentos.