ENCONTROS ENTRE O BRINCAR E A MULTERRITORIALIDADE DO ESPAÇO ESCOLA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

ROSÂNGELA OLIVEIRA, NAURELICE MAIA DE MELO

Resumo


O presente artigo objetiva apresentar o encontro entre o brincar e a multiterritorialidade do espaço escolar na Educação Infantil; referente às associações entre resultados da pesquisa “A Construção Simbólica na Criança: contribuição para uma Proposta Pedagógica Inovadora” e perspectivas em torno dos debates sobre territorialidade. Os procedimentos metodológicos contaram com participação de 08 professoras de Educação Infantil e 44 crianças cujos pais assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), sendo de ambos os sexos, e de faixa etária de 5 a 6 anos, dos Grupos 5A e 5D, respectivamente, dos turnos matutino e vespertino. Os episódios de interações socioespaciais foram analisados a partir de algumas categorias definidas a priori pela obra de Piaget (1970) em Epistemologia Genética, que são: Faixa etária, gênero, composição grupal, tipo de interação interpessoal, tipos de interação espaciais (Estilo: solitário, independente, assimétrico, complementar) e (Caráter social: agnóstico e pró-social). Evidenciou-se que o espaço escolar necessita ser reconhecido como um aliado às práticas pedagógicas por ser de fundamental importância para a aprendizagem das crianças; neste artigo, atribuindo destaque ao brincar e à multiterritorialidade.

Palavras-chave


Educação Infantil; Multiterritorialidade; Espaço Escolar

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 ROSÂNGELA OLIVEIRA, NAURELICE MAIA DE MELO


 

Universidade do Estado da Bahia – UNEB – Campus I
Rua Silveira Martins, 2555, Cabula – Salvador-BA
CEP 41.150-000
Prédio da Pós-Graduação em Educação – GEOTEC

 
ISSN: 2674-7227

PERIODICIDADE: Bienal

INDEXADORES E DIRETÓRIOS: 


Todo o conteúdo publicado nestes Anais está licenciado com uma Licença Creative Commons - Attribution-ShareAlike 4.0 International.