EDUCAÇÃO EM MUSEUS: ASPECTOS DE CARTOGRAFIA PARA ESCOLARES DESENVOLVIDAS NAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS

MARIA AUXILIADORA RIBEIRO SILVA, MATEUS SOUZA

Resumo


O texto trata do estudo sobre a relação educacional entre museu, alunos e escola e de aspectos que abrangem o acesso à aquisição e difusão do conhecimento e desenvolvimento de novas competências a partir da experimentação e de pesquisas pela visitação a organização espacial e ao espaço geográfico. Verifica-se a implicação na relação, que dentre os vários fins, volta-se para o desenvolvimento de um cidadão crítico reflexivo e, que por sua vez se coaduna com objetivo da escola. Para tanto, o estudo utiliza de pesquisa qualitativa com base em procedimento bibliográfico, documental e de estudo de caso. Ressalta-se que os espaços educativos são ambientes dinamizadores de suas práticas educativas e, que o conhecimento de acervo e objetos, de seus espaços geográficos e da disposição local dos museus auxiliam na divulgação do patrimônio material e imaterial em sua comunidade, além de promover o fortalecimento da identidade da comunidade. Assim o aluno-visitante, se torna conhecedor e difusor de conhecimento cultural, social, não somente pelos estudos e pesquisa desenvolvidos na visita; mas principalmente, pelo desenvolvimento da cidadania e do entendimento de preservação do seu patrimônio histórico cultural.

Palavras-chave


Museu; Aluno; Escola; Prática Pedagógica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 MARIA AUXILIADORA RIBEIRO SILVA, MATEUS SOUZA


 

Universidade do Estado da Bahia – UNEB – Campus I
Rua Silveira Martins, 2555, Cabula – Salvador-BA
CEP 41.150-000
Prédio da Pós-Graduação em Educação – GEOTEC

 
ISSN: 2674-7227

PERIODICIDADE: Bienal

INDEXADORES E DIRETÓRIOS: 


Todo o conteúdo publicado nestes Anais está licenciado com uma Licença Creative Commons - Attribution-ShareAlike 4.0 International.