APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA E O PROERD: LEITURAS POSSÍVEIS DE UMA PRÁTICA DE EDUCAÇÃO PARA A PAZ E DIREITOS HUMANOS

NIVIA RODRIGUES, NADILSON SIQUEIRA, NAURELICE MAIA DE MELO

Resumo


O objetivo desse breve texto é apresentar o Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD), enquanto ferramenta para a prática da Educação para a Paz e Direitos Humanos (EDH), a partir dos pressupostos teóricos da Aprendizagem Significativa defendidos. Para tanto, será usada, como metodologia, a análise textual de redações produzidas por crianças do 5º ano de uma escola pública, localizada no bairro do Novo Horizonte, Salvador, Bahia. Para melhor compreensão do leitor, esse texto foi organizado com base em considerações sobre os aspectos teóricos da EDH, da Aprendizagem Significativa e do PROERD, além de apresentar, a partir do tratamento dos dados coletados ao final do curso oferecido aos estudantes do 5º ano, informações que legitimam a assertiva de que o currículo adotado, bem como a metodologia utilizada pelo Programa, refletem aspectos da Educação para a Paz e Direitos Humanos.

Palavras-chave


PROERD; Educação para a Paz e Direitos Humanos; Aprendizagem significativa

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 NIVIA RODRIGUES, NADILSON SIQUEIRA, NAURELICE MAIA DE MELO


 

Universidade do Estado da Bahia – UNEB – Campus I
Rua Silveira Martins, 2555, Cabula – Salvador-BA
CEP 41.150-000
Prédio da Pós-Graduação em Educação – GEOTEC

 
ISSN: 2674-7227

PERIODICIDADE: Bienal

INDEXADORES E DIRETÓRIOS: 


Todo o conteúdo publicado nestes Anais está licenciado com uma Licença Creative Commons - Attribution-ShareAlike 4.0 International.