O CYBERBULLYING: A INTERNET TOCANDO TERROR NO DIA-A-DIA DOS ESTUDANTES DA ROBERTINHO

JÚLIO CÉSAR DE OLIVEIRA SANTOS

Resumo


A discussão sobre bullying e suas consequências estão presentes em vários contextos, quer seja na escola, na família e/ou simplesmente nos grupos de amigos. De um habitual comentário até uma intensa difamação, o bullying se faz presente nas vidas dos jovens sem que eles mesmo identifiquem as suas consequências. Segundo Santos (2018) o bullying se refere a todas as formas de atitudes agressivas, verbais ou físicas, intencionais e repetitivas, que ocorrem sem motivação evidente e são exercidas por um ou mais indivíduos, causando dor e angústia. Na escola é comum os casos de bullying, uma vez que as brincadeiras de mau gosto fazem parte das relações entre os jovens, entretanto no que se refere a psicologia, o bullying escolar, de acordo com Crochík (2012), “tem sido definido como a hostilidade de um aluno mais velho ou mais forte, ou grupo de alunos, intencionalmente e com frequência, dirigida a um mesmo aluno, podendo gerar diversas consequências psíquicas” e por conta disso deve-se ter uma atenção especial com relação a ele e não compreendê-lo como apenas uma “brincadeira de criança”. Segundo a psicologia existem diferentes tipos de bullying, expressados em ações verbais e/ou físicas, no entanto com a inserção da internet e a expansão das redes sociais outra forma de agressão chega à vida dos jovens, o cyberbullying. Cyberbullying é um tipo de bullying praticado pelas Redes Sociais em páginas e aplicativos como: WhatsApp, Facebook, Twitter, Orkut, E-mail, Instagram e YouTube, onde a “perturbação” é constante e de forma abrangente, pois a “zueira” se expande para além dos muros da escola, ocasionando séria consequências como: tristeza, angústia, depressão, atitudes agressivas e até mesmo o suicídio. Na Escola Municipal Governador Roberto Santos localizada na cidade de Salvador-Ba existem todas as espécies de bullying, isto porque a escola é uma instituição de grande porte e acolhe estudantes de diferentes realidades e a “zueira” é comum entre os estudantes. No entanto, nos últimos anos o Cyberbullying vem tomando forma e ferindo um grande número de estudantes, criando com isso uma questão geradora dessa intenção de pesquisa: Como Cyberbullying se perpetua entre os alunos da Robertinho? Nesse sentido, este projeto tem como objetivo compreender como é praticado o Cyberbullying dentro da escola, visando entender o comportamento dos estudantes e reconhecer os principais motivos que levam os estudantes a esse tipo de comportamento, nocivo para quem sofre a ação e para quem o pratica. Dessa forma, essa pesquisa será um Estudo de Caso, onde se pretende compreender o problema apresentado, para tanto serão estudadas algumas bibliografias que apresentem explicações sobre o tema. Para o conhecimento da realidade vivida serão feitas entrevistas com estudantes com a finalidade de compreender as implicações do Cyberbullying na vida desses jovens.

Palavras-chave


Bullying; Cyberbullying; Escola

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 JÚLIO CÉSAR DE OLIVEIRA SANTOS


 

Universidade do Estado da Bahia – UNEB – Campus I
Rua Silveira Martins, 2555, Cabula – Salvador-BA
CEP 41.150-000
Prédio da Pós-Graduação em Educação – GEOTEC

 
ISSN: 2674-7227

PERIODICIDADE: Bienal

INDEXADORES E DIRETÓRIOS: 


Todo o conteúdo publicado nestes Anais está licenciado com uma Licença Creative Commons - Attribution-ShareAlike 4.0 International.